Após susto, Djokovic critica saibro azul; Bellucci é eliminado

terça-feira, 8 de maio de 2012 18:51 BRT
 

MADRI, 8 Mai (Reuters) - O tenista número um do mundo, Novak Djokovic, criticou na terça-feira os organizadores do Masters de Madri e a ATP por causa do polêmico saibro azul usado no torneio, no qual ele teve trabalho para vencer o espanhol Daniel Gimeno-Traver por 6-2, 2-6 e 6-3 pela segunda rodada.

O brasileiro Thomaz Bellucci foi eliminado da competição ao perder para o francês Richard Gasquet, 14o cabeça de chave, por 4-6, 6-4 e 7-6 (5).

Atual campeão em Madri, Djokovic jogou pela primeira vez depois das duas semanas de folga por causa da morte do seu avô. Ele disse que estava "impossível se mexer" na quadra Manolo Santana, e acusou os dirigentes de ignorarem as preocupações dos tenistas.

“"Acertei cinco bolas no jogo inteiro", disse o sérvio, visivelmente irritado. “"No resto fiquei apenas tentando colocar a bola na quadra, aí confiei só no meu saque e consegui afinal alguns pontos de erros não-forçados dele. Para mim, isso não é tênis. Ou eu venho de chuteira ou convido o Chuck Norris para me orientar sobre a jogar nessa quadra."

Vários jogadores, incluindo o "rei do saibro" Rafael Nadal, já se queixaram da mudança do tradicional saibro avermelhado para o azul, que supostamente ajuda o telespectador a enxergar melhor a bolinha amarela.

Um porta-voz da ATP reiterou que a mudança foi aprovada há um ano, e que todos as observações dos jogadores serão levadas em conta para o futuro uso.

Djokovic concordou com outros jogadores que a quadra está escorregadia demais. “"Este torneio e esta decisão de mudar para o saibro azul é um exemplo de como os tenistas não são levados em conta nem ouvidos, e como suas opiniões são ignoradas, e realmente espero que isso mude no futuro", afirmou. "Não ouvi um só jogador, homem ou mulher, dizer que gostou do saibro azul."

(Reportagem de Iain Rogers)