Hamilton é punido e largará em último no GP da Espanha

sábado, 12 de maio de 2012 15:46 BRT
 

Por Alan Baldwin

BARCELONA, 12 Mai (Reuters) - Lewis Hamilton perdeu a pole position do Grande Prêmio da Espanha neste sábado e terá de largar na última posição após a McLaren não colocar combustível suficiente em seu carro.

Os fiscais da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) excluíram o britânico, campeão mundial em 2008, dos resultados dos treinos classificatórios deste sábado.

Com a decisão, o venezuelano Pastor Maldonado, da Williams, largará na pole position, a primeira da equipe desde 2010. O espanhol Fernando Alonso, da Ferrari, completará a primeira fila.

Hamilton foi informado pela equipe que seu carro tinha um problema na volta de desaceleração após marcar a pole e recebeu ordens para parar o carro na pista em vez de levá-lo aos boxes, como determinam as regras.

A McLaren alegou motivo de força maior para tomar a medida, mas os fiscais rejeitaram a alegação.

"Um membro da equipe colocou uma quantidade insuficiente de combustível, resultando que o carro tivesse que parar no circuito para poder fornecer a quantidade exigida para a coleta de amostras", disse um comunicado.

"Como a quantidade de combustível é de completo controle do competidor, os fiscais não podem aceitar esse como um caso de força maior", acrescenta o documento, que informa que o episódio violou as regras da FIA, o que implica na exclusão de Hamilton dos resultados do treino classificatório.

"O competidor, no entanto, tem a permissão de largar da última posição do grid."

Há 21 anos nenhum piloto vence o Grande Prêmio da Espanha após largar abaixo da terceira posição no grid.

Um porta-voz da McLaren disse que a equipe aceita o fato de que "os fiscais não concordaram com nossa interpretação de força maior. Nosso objetivo agora é maximizar o número de pontos que podemos marcar amanhã (na corrida)".