Maradona é candidato a ser técnico dos Emirados Árabes

quarta-feira, 16 de maio de 2012 18:51 BRT
 

Por Brian Murgatroyd

ABU DABI, 16 Mai (Reuters) - O argentino Diego Maradona é um dos candidatos a comandar a seleção dos Emirados Árabes Unidos, disse na quarta-feira o novo presidente da federação do país, Yousuf Al Serkal.

"Como Maradona faz parte da família do futebol dos Emirados Árabes Unidos, não podemos negligenciar ou deixar passar um nome assim", declarou Al Serkal. "Vamos considerá-lo", completou.

Maradona, que ganhou a Copa do Mundo de 1986 como jogador e dirigiu a seleção de seu país até as quartas de final do Mundial da África do Sul, em 2010, é atualmente treinador do clube Al Wasl, em Dubai.

"Mais adiante se gostamos ou não, seu nome sempre será uma grande influência, (mas) temos alguns nomes, entre eles o de Mahdi Ali, treinador da nossa equipe olímpica", disse Al Serkal.

A seleção dos Emirados Árabes ficou sem técnico depois que Srecko Katanec foi demitido, no ano passado, devido a derrotas consecutivas nas primeiras partidas das eliminatórias regionais para o Mundial de 2014, no Brasil.

Maradona tem contrato por dois anos com o Al Easl e, embora o time não tenha conseguido nenhum título desde que o argentino assumiu o cargo, o clube chegou às semifinais da Liga dos Campeões da região do Golfo Pérsico.

Maradona, de 51 anos, disse na semana passada que estava "contente e orgulhoso por ter sido ligado ao cargo da seleção nacional".