Djokovic quebra raquete, mas vai às quartas no Masters de Roma

quinta-feira, 17 de maio de 2012 14:15 BRT
 

Por Simon Cambers

ROMA, 17 Mai (Reuters) - O tenista número um do mundo, Novak Djokovic, demonstrou como quebrar uma raquete e como lidar com a adversidade ao avançar às quartas-de-final do Masters de Roma nesta quinta-feira.

Em um acesso de fúria, Djokovic destruiu sua raquete depois de perder o primeiro set para Juan Monaco, da Argentina, mas se recuperou no segundo set para conquistar uma vitória por 4-6, 6-2 e 6-3.

Quando perdia por 1-2 no segundo set, foi como se alguém tivesse desligado um interruptor e um dominante Djokovic ganhou 20 dos próximos 24 pontos para nivelar o jogo.

Monaco, o número 15 no mundo, não conseguiu sustentar seu nível e Djokovic ganhou fácil, devendo agora enfrentar o argentino Juan Martin Del Potro ou o francês Jo-Wilfried Tsonga na próxima rodada.

"Espero que as crianças assistindo não façam isso", disse um sorridente Djokovic em entrevista coletiva, referindo-se à destruição de sua raquete. "Mas eu mostro minhas emoções lá fora. Isso é quem eu sou."

"Eu tive dificuldades com o vento hoje e fiquei um pouco na defensiva e fui passivo no primeiro set, mas logo que fiquei mais direto, comecei a jogar muito melhor."

O número seis David Ferrer e o número sete Tomas Berdych avançaram para as últimas oito partidas com vitórias em sets seguidos.

Rafael Nadal derrotou o alemão Florian Mayer por 6-1 e 7-5 e Roger Federer também avançou ao derrotar o argentino Carlos Berlocq por 6-3 e 6-4.

Entre as mulheres, a campeã de Wimbledon Petra Kvitova foi a primeira a reservar seu lugar nas quartas de final após uma vitória por 6-2, 5-7 e 6-2 sobre Sorana Cirstea.