Ahmadinejad quer ir à Olimpíada mas cita "problemas"

quinta-feira, 17 de maio de 2012 14:50 BRT
 

DUBAI, 17 Mai (Reuters) - O presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, disse na quinta-feira que quer comparecer às Olimpíadas de Londres para torcer pelos atletas de seu país, mas que as autoridades britânicas tinham "problemas" em recebê-lo, informou a agência oficial de notícias Irna.

No ano passado, o governo iraniano havia dito que deveria boicotar as Olimpíadas de Londres porque acreditava que o logotipo do evento lembrava a palavra Zion (Sião) e, portanto, era "racista". O logo traz o número 2012 em quatro figuras multicoloridas. Sião é uma palavra que remete à cidade de Jerusalém e o Irã não reconhece Israel.

Ahmadinejad, porém, parece ter mudado totalmente de ideia, embora não estivesse claro se ele havia feito uma solicitação oficial para comparecer aos Jogos.

"Gostaria de estar entre os atletas iranianos nas Olimpíadas de Londres de 2012 para apoiá-los, mas eles (o país anfitrião) têm problemas com isso", disse o presidente, segundo a Irna.

As relações entre Irã e Grã-Bretanha permanecem estremecidas por causa da recusa de Teerã em abrir seu programa nuclear para a supervisão internacional e pelo país não aplacar as preocupações do Ocidente de que esteja tentando desenvolver armas nucleares.

O governo iraniano nega que tenha tais intenções.