ENTREVISTA-Para Scheidt, lidar bem com pressão é chave para sucesso

sexta-feira, 18 de maio de 2012 16:33 BRT
 

Por Tatiana Ramil

SÃO PAULO, 18 Mai (Reuters) - Dono de duas medalhas de ouro e duas de prata em Olimpíadas, o iatista Robert Scheidt chega aos Jogos de Londres como favorito, condição familiar e que não preocupa um dos atletas mais premiados do esporte brasileiro.

Para o velejador de 39 anos, competir bem sob pressão é um dos fatores de seu sucesso.

"Isso é uma das coisas. Não adianta fazer toda a lição de casa direitinho e chegar na hora da pressão não desempenhar", disse ele em entrevista à Reuters por telefone de sua casa na Itália.

"O favoritismo pra gente não pesa mais, não é uma grande novidade. Desde a minha primeira Olimpíada já fui como favorito", acrescentou.

Scheidt foi campeão olímpico em Atlanta-1996 e Atenas-2004, e prata em Sydney-2000 na Classe Laser, em que velejava sozinho, e prata novamente em Pequim-2008 na Classe Star, ao lado de Bruno Prada, seu parceiro há 11 anos. Neste período, eles levaram 52 títulos.

Na sexta-feira passada, os dois conquistaram o tricampeonato mundial, uma marca inédita para a vela brasileira, colocando a dupla como grande favorita ao ouro em Londres. Segundo Scheidt, os ingleses Iain Percy e Andrew Simpson também aparecem com grandes chances.

"Daqui até Londres tem que treinar o máximo que der, desenvolver nosso equipamento e acreditar no nosso potencial", disse ele, acrescentando que será preciso ter regularidade nas 11 regatas da raia de Londres, aprovada pelos brasileiros.

"É uma raia com condições extremas: frio, muita correnteza, vento de médio para forte, o que a gente gosta", explicou.   Continuação...

 
Robert Scheidt comemora ao lado de Bruno Prada a conquista da medalha de prata na Classe Star nos Jogos de Pequim-2008. REUTERS/Pascal Lauener