Após dar campeonato a Chelsea, Drogba sinaliza adeus

domingo, 20 de maio de 2012 13:11 BRT
 

MUNIQUE, 20 Mai (Reuters) - Didier Drogba marcou o gol da vitória do Chelsea na Liga dos Campeões nos pênaltis contra o Bayern de Munique no sábado e então, solenemente, pareceu dizer adeus.

O atacante de 34 anos da Costa do Marfim completou seus oito anos em Londres levantando o troféu que o chefe Roman Abramovich tem almejado desde que comprou o clube em 2003. Em seguida, ele foi escolhido como o nome do jogo.

Mas o atacante, que não conseguiu chegar a um acordo com o clube sobre o novo contrato, aceitou o prêmio de um modo que soou como que um discurso de despedida e evitou perguntas sobre seu futuro.

"Eu não acho que podemos tomar decisões em momentos de emoção como este. A coisa mais importante não é o meu futuro, a coisa mais importante é o que conseguimos hoje", disse a repórteres após a vitória surpreendente.

"Quero agradecer a todos os jogadores com quem venho jogando desde que estou aqui, e a todos os gerentes. Eles me melhoraram como jogador e como pessoa".

O marfinense, que deleitou fãs e preocupou a segurança do clube ao dançar sobre o teto do ônibus da equipe quando o Chelsea venceu seu primeiro título inglês em 50 anos em sua primeira temporada no clube, disse que apenas se sentia muito feliz.

"Hoje é um dia grande para o clube, para os nossos fãs, para os jogadores. Eu realmente não sei se há palavras suficientes para descrever como me sinto agora", destacou.

(Por Clare Lovell)

 
Drogba, do Chelsea, levanta o troféu da Liga dos Campeões após vencer a partida final contra o Bayern de Mnique na Arena Allianz em Munique, 19 de maio de 2012. REUTERS/Michaela Rehle