Judô brasileiro investe pesado por resultado histórico em Londres

terça-feira, 22 de maio de 2012 17:25 BRT
 

Por Tatiana Ramil

SÃO PAULO, 22 Mai (Reuters) - Turbinada por um investimento de 5 milhões de reais só neste ano, a equipe brasileira de judô teve uma preparação diferenciada para os Jogos de Londres e visa seu melhor resultado em Olimpíadas. A meta é conquistar quatro medalhas, sendo ao menos uma de ouro.

Pela primeira vez, o Brasil levará a uma Olimpíada uma equipe completa -sete judocas na equipe masculina e sete na feminina, classificados pelo ranking mundial. Os outros países com 14 representantes em Londres serão Japão, Coreia do Sul e França.

"Nosso objetivo é alcançar o melhor resultado que já tivemos em Jogos Olímpicos. O ótimo para a gente é chegar a quatro medalhas, dentre essas, pelo menos uma de ouro", disse em entrevista à Reuters o coordenador técnico do judô, Ney Wilson.

"A gente se preparou, investiu e está acreditando nesse resultado", completou.

A equipe de judô conta com fortes patrocinadores, incluindo Infraero, Sadia e Bradesco, além de recursos vindos de leis de incentivo ao esporte olímpico, em sua preparação para Londres.

Nos últimos quatro anos, foram investidos 60 por cento do orçamento da Confederação Brasileira de Judô (CBJ) na preparação e ranqueamento dos atletas para as Olimpíadas - 5 milhões de reais apenas na atual temporada. Em 2008, ano dos Jogos de Pequim, o valor investido foi de 2 milhões de reais.

Pela classificação, os 14 representantes do país no judô, anunciados neste mês, dividirão um prêmio de 1 milhão de reais.

"Foi muito mais detalhado o planejamento. Isso gerou mais despesa, mas os resultados vieram e isso é uma bola de neve. Quanto mais resultado, mais investimento, e a coisa foi funcionando", disse Wilson.   Continuação...

 
O brasileiro Leandro Guilheiro (centro) posa para uma foto com fãs durante uma apresentação para alunos em São Paulo, 4 de maio de 2012. REUTERS/Paulo Whitaker