Schumacher brilha, mas Webber fica com a pole em Mônaco

sábado, 26 de maio de 2012 13:01 BRT
 

Por Alan Baldwin

MÔNACO (Reuters) - Michael Schumacher reviveu anos passados de forma empolgante neste sábado ao ser o mais rápido na classificação para o Grande Prêmio de Mônaco, mas acabou perdendo a pole position por conta de uma penalidade de cinco colocações no grid de largada.

O australiano Mark Webber, da Red Bull, segundo colocado no treino, herdou o primeiro lugar - aconteceu o mesmo na corrida anterior.

Schumacher, aos 43 anos de idade e na terceira temporada após seu retorno com a Mercedes, foi penalizado no Grande Prêmio da Espanha por conta de uma colisão com o brasileiro Bruno Senna, da Williams.

Sem isso, o alemão teria ficado na pole pela primeira vez desde o GP da França de 2006 e pela 69ª oportunidade em sua carreira.

A classificação de sábado ainda assim foi uma vitória para o heptacampeão e vencedor de 91 corridas, incluindo cinco em Mônaco, mas que não retornou ao pódio desde se aposentar em 2006, pela Ferrari.

"Que estrela", disse o chefe de equipe Ross Brawn, ex-chefe da equipe técnica da Benetton e da Ferrari que ficou ao lado do alemão ao longo de sua carreira.

"Confesso que fiquei com uma lágrima nos olhos. Ele teve dificuldades desde que voltou", afirmou Brawn.

Colega de equipe de Schumacher, o alemão Nico Rosberg largará em segundo lugar e à frente do inglês Lewis Hamilton, da McLaren, e do francês Romain Grosjean, da Lotus.   Continuação...

 
Piloto de F1 da Mercedes Michael Schumacher comemora ser o mais rápido no treino classificatório do GP de Mônaco. Schumacher reviveu anos passados de forma empolgante neste sábado ao ser o mais rápido na classificação para o Grande Prêmio de Mônaco, mas acabou perdendo a pole position por conta de uma penalidade de cinco colocações no grid de largada. 26/05/2012 REUTERS/Robert Pratta