May 26, 2012 / 3:12 PM / in 5 years

Schumacher brilha, mas Webber fica com a pole em Mônaco

3 Min, DE LEITURA

Piloto de F1 da Mercedes Michael Schumacher comemora ser o mais rápido no treino classificatório do GP de Mônaco. Schumacher reviveu anos passados de forma empolgante neste sábado ao ser o mais rápido na classificação para o Grande Prêmio de Mônaco, mas acabou perdendo a pole position por conta de uma penalidade de cinco colocações no grid de largada. 26/05/2012Robert Pratta

Por Alan Baldwin

MÔNACO (Reuters) - Michael Schumacher reviveu anos passados de forma empolgante neste sábado ao ser o mais rápido na classificação para o Grande Prêmio de Mônaco, mas acabou perdendo a pole position por conta de uma penalidade de cinco colocações no grid de largada.

O australiano Mark Webber, da Red Bull, segundo colocado no treino, herdou o primeiro lugar - aconteceu o mesmo na corrida anterior.

Schumacher, aos 43 anos de idade e na terceira temporada após seu retorno com a Mercedes, foi penalizado no Grande Prêmio da Espanha por conta de uma colisão com o brasileiro Bruno Senna, da Williams.

Sem isso, o alemão teria ficado na pole pela primeira vez desde o GP da França de 2006 e pela 69ª oportunidade em sua carreira.

A classificação de sábado ainda assim foi uma vitória para o heptacampeão e vencedor de 91 corridas, incluindo cinco em Mônaco, mas que não retornou ao pódio desde se aposentar em 2006, pela Ferrari.

"Que estrela", disse o chefe de equipe Ross Brawn, ex-chefe da equipe técnica da Benetton e da Ferrari que ficou ao lado do alemão ao longo de sua carreira.

"Confesso que fiquei com uma lágrima nos olhos. Ele teve dificuldades desde que voltou", afirmou Brawn.

Colega de equipe de Schumacher, o alemão Nico Rosberg largará em segundo lugar e à frente do inglês Lewis Hamilton, da McLaren, e do francês Romain Grosjean, da Lotus.

"Eu vi meu tempo na placa e achei que não deveria ser ruim", disse Schumacher, que teve alguns de seus melhores e piores momentos na corrida de rua do principado.

"Foi bonito."

Webber, vencedor em Mônaco em 2010 mas sem pódios nesta temporada, reconheceu que foi o dia de Schumacher, mas também ficou satisfeito com sua volta.

O colega dele, o bicampeão mundial e vencedor da prova do ano passado Sebastian Vettel, terminou em 10º lugar.

O venezuelano Pastor Maldonado, vencedor na Espanha depois de herdar a pole do penalizado Hamilton, viu suas esperanças de uma nova primeira posição sumirem após uma punição de 10 lugares por conta de uma colisão com o mexicano Sergio Perez, da Sauber, durante os treinos livres.

Maldonado começará na 19ª posição.

Perez, que sofreu um acidente no ano passado e ficou fora da prova, vai largar de trás por conta de um choque contra as barreiras na primeira parte do treino.

A classificação teve bandeira vermelha e reiniciou assim que o carro da Sauber foi retirado. O mexicano pareceu ter tido um problema com o volante, devido a um impacto anterior do carro do venezuelano.

Jenson Button, da McLaren, campeão de 2009 e vencedor em Mônaco com a equipe Brawn GP, também terá dificuldades no domingo. Vai largar da 13ª colocação.

Reportagem de Alan Baldwin

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below