ANÁLISE-Gasto bilionário da Ucrânia com Euro 2012 pode virar dívida

domingo, 27 de maio de 2012 12:01 BRT
 

Por Natalia Zinets

KIEV (Reuters) - A Ucrânia pode nunca recuperar os bilhões de dólares que investiu para co-sediar a Euro 2012 no mês que vem, e o gasto pode complicar suas chances de saldar sua dívida.

Sediar o evento de um mês - absorvendo um total de 13,4 bilhões de dólares, incluindo 6,6 bilhões dos cofres públicos - provavelmente não tornará a ex-república soviética mais atraente para o investimento estrangeiro, dizem analistas.

E apesar das esperanças das empresas de turismo e das próprias autoridades, assim que a competição - que acontece em quatro cidades ucranianas - terminar e os torcedores tiverem partido, não é nada certo que a Ucrânia terá se consolidado como novo destino do turismo europeu.

A matemática do financiamento da Euro 2012, co-sediada pela Polônia, é crucial para um país que encara 11,9 bilhões de dólares em obrigações da dívida este ano, 5,3 bilhões de dólares dos quais são em moedas estrangeiras - tornando-o sensível a flutuações nos mercados de divisas.

O tema ganha relevo, já que em junho o governo tem que restituir um empréstimo de 2 bilhões de dólares à russa VTB Capital e 500 milhões de dólares em títulos públicos europeus.

Kiev não conseguiu acordar uma nova linha de crédito com o Fundo Monetário Internacional (FMI) e há mais de um ano não consegue emitir títulos europeus para ajudar a cobrir os gastos estatais, que dispararam na véspera da eleição parlamentar de outubro.

A prisão da líder opositora Yulia Tymoshenko, condenada a sete anos em outubro por abuso do cargo, abalou a confiança na solvência da Ucrânia e levou a um boicote do campeonato por parte de alguns políticos europeus.

"A Ucrânia não receberá nenhum fluxo financeiro ou impacto econômico significativo por co-sediar a Euro 2012", disse Andriy Kolpakov, sócio diretor do grupo de análise Da Vinci AG. "E qualquer possível melhoria na imagem já se desgastou por conta da política interna e da reação da União Europeia a ela".

O alto nível de corrupção na Ucrânia afugentou alguns investidores estrangeiros, ao mesmo tempo em que os preços elevados dos hotéis fizeram muitos torcedores encurtar sua estadia ou cancelá-la, optando por acompanhar o destino de seus times pela televisão.

Baseando-se no programa do governo, o estado gastou cerca de 6,6 bilhões de dólares de seu orçamento com os preparativos da Euro 2012 - um total que sobe para 13,4 bilhões de dólares uma vez incluídas as contribuições de empresas estatais e investidores particulares.

 
Troféu da Euro 2012 é apresentado ao público durante parada pelas ruas de Kiev. A Ucrânia pode nunca recuperar os bilhões de dólares que investiu para co-sediar a Euro 2012 no mês que vem, e o gasto pode complicar suas chances de saldar sua dívida. Foto de arquivo. 11/05/2012 REUTERS/Gleb Garanich