É dada a largada para a Indy 500

domingo, 27 de maio de 2012 14:11 BRT
 

INDIANAPOLIS, 27 Mai (Reuters) - A 96a edição da corrida 500 milhas de Indianapolis começou neste domingo, num dia muito quente no Meio-Oeste dos Estados Unidos, depois de um tributo emocionante ao vencedor do ano passado, Dan Wheldon.

Uma enorme multidão, estimada em cerca de 250 mil pessoas, fez um grande barulho quando a bandeira verde caiu e os 33 carros largaram para a primeira das 200 voltas na pista oval.

O australiano Ryan Briscoe começou na pole position depois de marcar o tempo mais rápido na qualificação e foi acompanhado na primeira fila do grid por James Hinchcliffe do Canadá e pelo norte-americano Ryan Hunter-Reay.

Marco Andretti, buscando acabar com a aparente maldição de sua família na corrida, estava na segunda fila ao lado de Will Power da Austrália, o atual líder da série IndyCar, e do brasileiro Helio Castroneves, três vezes vencedor das 500 Milhas da Indy.

A prova inclui oito estreantes, três mulheres e dois pilotos ex-Fórmula 1: o brasileiro Rubens Barrichello e Jean Alesi da França. Os pilotos são de 11 países diferentes: Estados Unidos, Canadá, Austrália, Nova Zelândia, Japão, México, França, Espanha, Venezuela, Brasil e Suíça.

A corrida deste ano é um das mais abertas e imprevisíveis em anos e configurava-se como uma prova cansativa tanto para pilotos como para seus carros, com temperaturas previstas para atingir 35 graus Celsius.

Antes do início da corrida deste domingo, o esporte fez uma pausa para lembrar Wheldon, o popular inglês que morreu em um acidente terrível em Las Vegas em outubro.

Sua morte trágica continua lançando uma nuvem negra sobre o esporte e acrescentando um sentido sombrio para a corrida deste ano.

O carro em que ele ganhou há 12 meses foi pilotado numa volta de honra, servindo tanto como tributo a ele, como uma forte lembrança dos perigos que os motoristas enfrentam quando se jogam na pista a uma velocidade de 350 km/h.

(Reportagem de Julian Linden)