27 de Maio de 2012 / às 17:58 / em 5 anos

Espanha escala Negredo para Euro 2012 após descarte de Soldado

SCHRUNS, Áustria (Reuters) - O atacante Roberto Soldado foi cortado da seleção da Espanha para a Euro 2012 neste domingo, apesar de seus muitos feitos neste ano, no momento em que o técnico Vicente del Bosque lamenta a ausência do “insubstituível” David Villa.

Não houve grandes surpresas na escalação de Del Bosque, que descartou os jogadores mais jovens do esquadrão provisório da seleção campeã do mundo e da Europa.

Em vez deles, escolheu 19 dos jogadores que conquistaram a Copa do Mundo na África do Sul dois anos atrás para seu time de 23 homens.

Dois dos ausentes foram trazidos, já que Carlos Puyol e David Villa estavam previamente cortados devido a lesões.

O atacante Fernando Torres foi um dos que mantiveram o lugar apesar de sua temporada nada impressionante com o Chelsea, salva principalmente por seu gol na semifinal com o Barcelona na Liga dos Campeões.

Adrián López, meia-atacante do Atlético Madri, foi desconsiderado apesar de marcar em sua estreia na vitória de 2 x 0 sobre a Sérvia no sábado.

David de Gea, goleiro do Manchester United, tampouco foi escalado, embora tenha sido incluído na equipe temporária que vinha treinando na Áustria.

Soldado marcou 17 gols para o Valência na recente temporada do Campeonato Espanhol, 18 na campanha anterior e 3 no amistoso com a Venezuela no início do ano, sua primeira atuação internacional em quase cinco anos.

Mas isso não bastou, e Álvaro Negredo, do Sevilha, que marcou cinco gols em sete embates no exterior, foi recrutado em seu lugar. Nenhuma dessas convocações, entretanto, compensou a ausência de Villa, disse Del Bosque.

“Villa é insubstituível por suas características e eficiência, ninguém se saiu melhor do que ele”, afirmou o treinador espanhol, cujo time venceu todas as oito partidas classificatórias. “Negredo and Soldado são jogadores extraordinário, mas diferentes. Um é mais rápido, o outro acrescenta mais ao time como um todo”.

Del Bosque estreou cinco jogadores contra a Sérvia, mas destes só o zagueiro Juanfran obteve uma vaga.

Ele elogiou novatos como Adrián López, Benat e Ignacio Monreal, mas disse não ser hora de fazer mudanças apressadas.

“No futebol é preciso trazer sangue novo, mas não fazer mudanças só por fazê-las”.

A Espanha enfrenta Irlanda, Croácia e Itália na primeira rodada da Euro 2012.

Reportagem de Brian Homewood

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below