Sem visto, cubano Robles pode perder prova importante nos EUA

quinta-feira, 31 de maio de 2012 12:57 BRT
 

Por Nelson Acosta

HAVANA, 31 Mai (Reuters) - O campeão olímpico Dayron Robles não deve disputar uma importante prova dos 110 metros com barreiras no fim de semana nos EUA por causa da demora na concessão do visto, disse o treinador do corredor à Reuters.

O torneio da Diamond League, em Eugene (Oregon), seria a primeira prova do atleta de 25 anos em solo norte-americano e serviria de indicador para a final dos 110 metros com barreiras na Olimpíada de Londres.

Robles esperava viajar ao Oregon na quarta-feira, para poder descansar até a prova de sábado. Mas os vistos, embora aprovados, só ficarão prontos na quinta-feira, segundo o treinador Santiago Antúnez. O problema afeta também outros atletas cubanos.

"É improvável que possamos competir em Eugene. Tudo está atrasado, e aí ele teria de correr contra os oito melhores do mundo (nessa prova)", disse o treinador, acrescentando que a "competição é uma final olímpica".

Entre os competidores estão os três atletas mais rápidos da história nos 110 com barreiras. Liu Xiang, campeão olímpico em 2004, estabeleceu neste mês o melhor tempo do ano, 12s97.

Estão inscritos também os norte-americanos David Oliver, recordista nacional; Jason Richardson, campeão mundial no ano passado em Daegu, após a eliminação de Robles por atrapalhar Liu na final; e Aries Merritt, campeão mundial indoor.

Tom Jordan, organizador do evento, disse não ter sido informado sobre o problema no visto dos cubanos, e que por isso não iria comentar. Robles também pretende disputar o Grand Prix de Nova York, em 9 de junho.

 
Campeão olímpico de corrida com obstáculos, o cubano Dayron Robles, reage após terminar em terceiro na final masculina de 100m com barreiras, durante o Grande Prêmio de Ponce. 12/05/2012 REUTERS/Ricardo Arduengo