Boxeadora de Liverpool luta abaixo do peso pela glória olímpica

quinta-feira, 31 de maio de 2012 16:50 BRT
 

Por Nick Mulvenney

31 Mai (Reuters) - Embora Liverpool seja mais conhecida no mundo do esporte pelo futebol, a cidade produziu sua parcela de campeões de boxe ao longo dos anos e Natasha Jonas está determinada a ganhar um lugar muito especial entre eles na Olimpíada de Londres.

O fim de sua caminhada para a qualificação olímpica foi na cidade chinesa de Qinhuangdao no início deste mês, após uma longa jornada em que Natasha teve que lutar contra o preconceito, perder mais 10 quilos para baixar de categoria e destruir os sonhos de uma amiga.

É justo dizer que poucos de seus companheiros lutadores da cidade poderiam produzir um sorriso tão deslumbrante quanto o que a lutadora de 27 anos mostrou com a notícia de que tinha conquistado um lugar no primeiro torneio olímpico de boxe feminino.

"É um sentimento ótimo vir e fazer o que eu queria fazer e me classificar", sorriu ela.

"Saber que eu vou aparecer na frente de 10.000 pessoas e eles todos vão estar torcendo por mim desta vez é simplesmente irreal. "Eu não vejo a hora de subir naquela arena e mostrar a todos do que se trata o boxe feminino", disse.

"Não espere nada menos (do que uma medalha), não espere nada menos, é para isso que eu estarei lá", acrescentou.

Vinda do bairro de Toxteth, Natasha sempre foi esportiva, mas sua ambição original era fazer uma carreira no futebol.

Depois que uma lesão no ligamento cruzado acabou com esse sonho, no entanto, ela se voltou inicialmente às artes marciais antes de começar o boxe no clube amador de Liverpool Rotunda, em 2005.   Continuação...

 
A peso-leve britânica Natasha Jones, de Liverpool, treina em frente à mídia em Londres, 23 de novembro de 2011. REUTERS/Andrew Winning