May 31, 2012 / 8:53 PM / 5 years ago

Ronaldinho cobra Flamengo na Justiça e obtém desligamento do clube

4 Min, DE LEITURA

Por Rodrigo Viga Gaier

RIO DE JANEIRO, 31 Mai (Reuters) - Após um ano e meio, Ronaldinho Gaúcho rompeu com o Flamengo nesta quinta-feira ao conseguir na Justiça a sua desvinculação do clube por conta de uma dívida que atingiria cerca de 40 milhões de reais.

A medida judicial do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) do Rio de Janeiro, conhecida como antecipação de tutela, foi concedida pelo juiz substituto da 9a Vara do Trabalho do Rio André Luiz Amorim.

"Defiro a antecipação dos efeitos da tutela para determinar a resolução indireta do contrato do autor por falta grave do empregador, liberando-o do vínculo desportivo", informa o magistrado no despacho.

Pela decisão, o meia, que assinou em janeiro do ano passado contrato com o time carioca até 2014, fica livre para deixar o clube e negociar com outra equipe. A decisão, segundo o TRT, é precária e preliminar, portanto passível de recurso por parte do clube.

"É como se fosse uma justa causa do empregado em relação ao seu empregador. Em vez de o empregador dar a justa causa por algum motivo, é o empregado que pede uma "justa causa 'inversa'", disse à Reuters uma fonte da Justiça do Trabalho.

Ronaldinho se manifestou no Twitter: "Agradeço mais uma vez todo o apoio que recebi desde que cheguei à Gávea e digo, de coração, que jogar pelo Flamengo foi uma honra."

A dívida do Flamengo envolve salários atrasados e recolhimento de Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), segundo a Justiça.

De acordo com a advogada do jogador, Gislaine Nunes, o valor da dívida é de cerca de 40 milhões de reais. "Ele já é ex-jogador do Flamengo. O despacho diz isso, já está rescindido (o contrato) e não tem mais jeito de voltar atrás", disse ela.

O vice-presidente jurídico do Flamengo, Rafael De Piro, rebateu a quantia requerida.

"Esse valor divulgado é absurdo, vamos nos inteirar do processo e nos posicionar melhor", disse ele, que acrescentou: "Sem dúvida o Flamengo ficará melhor daqui para frente."

Em quase um ano e meio no clube, o pagamento dos salários de Ronaldinho, de mais de 1 milhão de reais ao mês, sempre foi um problema para o clube e o atleta.

O time carioca chegou a fazer uma parceria com a empresa de marketing esportivo Traffic para ajudar na busca por patrocinadores que iriam pagar os salários do jogador, mas houve dificuldades e a empresa rompeu com o clube, que assumiu o compromisso.

Os salários não vinham sendo pagos pelo Flamengo, que tentava amistosos e patrocínios novos para resolver o impasse.

"Sempre tratamos dos assuntos relacionados ao Ronaldinho em alto nível e internamente. Não esperava uma atitude como essa", disse a presidente do clube, Patrícia Amorim.

Desde que chegou ao time carioca, Ronaldinho se notabilizou mais por festas e faltas em treinos do que pelo bom futebol que o levou a ser escolhido o melhor jogador do mundo em 2004 e 2005, quando atuava pelo Barcelona.

Ele conquistou apenas um título, o Estadual de 2011, e chegou até a ser chamado para a seleção brasileira, mas caiu de produção e acabou sendo esquecido pelo técnico Mano Menezes e vaiado pela torcida do Flamengo.

No fim de semana, o meia viajou para acompanhar a cirurgia da mãe em Porto Alegre, sua cidade natal e não apareceu mais, embora fosse esperado na última terça-feira.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below