México vence por 2 x 0 e esfria ânimo com seleção

domingo, 3 de junho de 2012 18:38 BRT
 

3 Jun (Reuters) - O México expôs os problemas da seleção brasileira que as vitórias sobre EUA e Dinamarca tinham escondido e venceu o amistoso deste domingo por 2 x 0, colocando novamente em dúvida o desempenho da equipe do Brasil para a Olimpíada de Londres.

Nas duas vitórias passadas, o time do técnico Mano Menezes tinha conseguido finalmente aliar resultados positivos a um futebol convincente, dando esperança ao torcedor para os Jogos Olímpicos, que começam em julho.

Contra o México, no entanto, em amistoso disputado na cidade norte-americana de Dallas, o Brasil sofreu com a falta de criatividade do meio-campo, a ineficiência dos laterais e não teve o brilho individual de Neymar, que passou a maior parte do tempo isolado.

O meia mexicano Giovanni dos Santos marcou o primeiro gol aos 22 minutos, num aparente cruzamento que acabou encobrindo o goleiro Rafael, e também sofreu o pênalti do zagueiro Juan que Chicharito Hernández converteu em 2 x 0, aos 33.

O time brasileiro foi formado apenas por jogadores com idade olímpica (até 23 anos), com exceção dos três permitidos acima do limite: o capitão Thiago Silva, o lateral Marcelo e o atacante Hulk.

Entre os jovens, os que mais demonstraram insegurança foram o zagueiro Juan, que cometeu o pênalti numa falta infantil dentro da área, e o lateral-direito Danilo, que voltou a dar espaços na marcação como já tinha acontecido contra os EUA.

"O México foi uma equipe pragmática, soube jogar em cima dos erros do Brasil", disse o técnico Mano Menezes em entrevista coletiva após a partida. "Nós sabíamos que íamos oscilar um poucos. Essa equipe tem dois jogos, agora o terceiro, o México soube explorar isso. Ainda não tínhamos todas as respostas que precisávamos. Pela primeira vez saímos atrás no marcados, as dificuldades apareceram e nós não soubemos responder."

O Brasil, que teve a mesma escalação da goleada por 4 x 1 sobre os EUA na quarta-feira, teve um gol anulado logo aos 10 minutos, quando o jogo ainda estava 0 x 0. O arbitro marcou impedimento do atacante Leandro Damião, que estava em posição duvidosa de acordo com as imagens da TV.

Mas o lance não intimidou o México, que tradicionalmente dificulta os jogos contra o Brasil e conseguiu mais um bom resultado, que encerrou uma sequência de oito vitórias dos brasileiros.   Continuação...

 
Mexicano Carlos Salcido e Neymar disputam a bola no amistoso deste domingo em Dallas, nos EUA, vencido pelo México por 2 x 0. REUTERS/Mike Stone