Sharapova retorna ao topo de ranking

quinta-feira, 7 de junho de 2012 21:05 BRT
 

Por Pritha Sarkar

PARIS, 7 Jun (Reuters) - Era natural que o eufórico treinador de Maria Sharapova agitasse o dedo indicador na quinta-feira, enquanto a russa celebrava duplamente a passagem à sua primeira final do Aberto da França.

Afinal, ela não só venceu categoricamente Petra Kvitova, campeã de Wimbledon, por um duplo 6-3, como também voltou ao ranking mundial, após quatro anos de espera.

Ela enfrentará no sábado a azarã italiana Sara Errani, e pode conseguir o último título de um Grande Slam que ainda falta na sua carreira. Mas, independentemente do que acontecer, o nome da musa russa aparecerá na segunda-feira no topo da lista da WTA.

"Há poucos anos, não sei nem se eu tinha ranking depois de fazer minha cirurgia no ombro (em agosto de 2008). É bastante especial que na segunda-feira eu seja número 1 outra vez", disse uma radiante Sharapova à plateia.

"Estou feliz e orgulhosa de onde eu vim (...). Trabalhei muito para chegar a este lugar."

Quatro anos depois da incerteza de não saber se voltaria a competir em alto nível, ou mesmo se voltaria a ganhar algum título - para não falar de um Grande Slam -, Sharapova esticou seus esguios braços para marcar a vitória contra Kvitova.

A tenista de 22 anos pretendia se tornar a primeira checa a chegar à final desde que Hana Mandlikova levou o título para a Checoslováquia, em 1981.

Mas ela não chegou a ter chances contra uma tenista que nunca se negou a mostrar sua vontade férrea diante da adversidade.   Continuação...

 
Maria Sharapova, da Rússia, comemora após vencer a partida semi-final do torneio feminino do Torneio de Roland Garros contra Petra Kvitova, da República Tcheca, em Paris. 07/06/2012 REUTERS/Francois Lenoir