Polícia da Polônia diz que problemas são mínimos na Euro 2012

segunda-feira, 11 de junho de 2012 12:08 BRT
 

VARSÓVIA, 11 Jun (Reuters) - A polícia polonesa fez 72 prisões desde o início da Euro 2012 na sexta-feira passada, menos do que a média em um fim de semana de férias no país que cosedia o evento, informou o Ministério da Administração Interna em um comunicado nesta segunda-feira.

A preparação para o torneio, que a Polônia sedia junto com a Ucrânia, foi marcada por temores sobre o racismo e grupos de torcedores hooligans nos dois países. Houve incidentes violentos nas cidades de Varsóvia e Poznan no fim de semana, principalmente envolvendo torcedores croatas e russos.

Mas o ministério observou a relativa calma nas zonas de confraternização de torcedores em suas principais cidades como evidência de que o torneio está prosseguindo suavemente.

"Desde o início da Euro 2012 na Polônia, ao todo 905.000 torcedores participaram das zonas de torcedores e estádios", disse o ministério.

"A polícia deteve 72 pessoas, das quais mais da metade estiveram sob a influência de álcool. Isso é decididamente inferior ao que a polícia normalmente registra em outros fins de semana de férias."

As autoridades também estão trabalhando duro para acabar com as tensões em torno de uma marcha planejada por torcedores russos ao Estádio Nacional de Varsóvia antes do jogo de terça-feira pelo Grupo A contra os anfitriões.

O jogo se tornou um dos grandes focos potenciais de violência do torneio.

(Reportagem de Patrick Graham)