Platini pede que torcedores tenham "respeito e dignidade"

sábado, 16 de junho de 2012 14:39 BRT
 

VARSÓVIA, 16 Jun (Reuters) - O presidente da UEFA, Michel Platini, pediu aos torcedores neste sábado que se comportem com "respeito e dignidade" depois da violência e das acusações de racismo que marcam a Euro 2012.

"A Euro 2012 na Polônia e na Ucrânia até agora foi uma celebração do futebol, tanto dentro do campo como fora dele", disse o francês em um comunicado.

"Tem sido um festival de gols, diversão, animação e orgulho tanto para os torcedores como para os jogadores."

"Dezesseis países se unindo nessas três semanas para competir pela coroa de melhor da Europa. É claro que existe rivalidade e paixão, e todos os times querem vencer - mas devemos lembrar que os resultados em campo são o que realmente importa."

"Eu peço, dessa maneira, a todos os torcedores que estejam indo a Varsóvia ou a Wroclaw esta noite, no momento em que nos preparamos para as partidas decisivas do Grupo A, que ajam com dignidade e respeito e que se comportem nesta noite nos estádios e nas cidades."

Os comentários de Platini surgiram pouco depois de a federação da Croácia se tornar alvo de uma ação por cantos racistas de seus torcedores durante a partida de quinta-feira, pelo Grupo C, contra a Itália.

Hooligans poloneses armaram uma emboscada para um grupo de torcedores russos que marchavam para o estádio na terça-feira e outros tentaram invadir a fan zone, o que causou cerca de 200 prisões.

A Rússia enfrentará a Grécia em Varsóvia neste sábado. A Polônia jogará ao mesmo tempo contra a República Tcheca em Wroclaw.

(Reportagem de Brian Homewood)