COI investiga suposta venda ilegal de ingressos olímpicos

domingo, 17 de junho de 2012 13:55 BRT
 

LONDRES, 17 Jun (Reuters) - O Comitê Olímpico Internacional (COI) está investigando uma reportagem segunda a qual os Comitês Nacionais Olímpicos e Revendedores Autorizados de Ingressos infringiram regras nas vendas de bilhetes para as Olimpíada de Londres de 2012.

O COI também está encaminhando as alegações para sua Comissão de Ética independente, informou o organismo em seu site (www.olympics.org) no sábado.

A edição do jornal britânico Sunday Times afirmou que vários Comitês Nacionais Olímpicos (NOCs na sigla em inglês) e Revendedores Autorizados de Ingressos (ATRs na sigla em inglês) estão dispostos a infringir as regras oferecendo-se a comprar ou vender bilhetes fora de seus territórios, vendê-los por preços inflacionados ou a revendedores não autorizados.

"Tendo sido informado das alegações, o COI imediatamente convocou uma reunião extraordinária de seu comitê executivo e determinou uma série de ações - a convocação da Comissão de Ética e a solicitação de que qualquer prova de malfeitoria seja fornecida à Comissão sem demora", declarou o COI.

"O COI leva essas alegações muito a sério. Caso quaisquer irregularidades sejam provadas, a organização lidará com os envolvidos de forma adequada".

"Os NOCs são organizações autônomas, mas se qualquer dos casos for confirmado o COI não hesitará em impor as sanções mais severas", acrescentou.

As Olimpíadas de Londres começam no dia 27 de julho.