Nalbandian é desclassificado de final de Queens

domingo, 17 de junho de 2012 13:59 BRT
 

LONDRES, 17 Jun (Reuters) - O argentino David Nalbandian foi desclassificado da final do torneio de Queens contra o croata Marin Cilic neste domingo por ferir um juiz de linha.

Nalbandian liderava em 7-6 e 3-3 quando perdeu o serviço no sétimo game e reagiu batendo o pé em uma placa de propaganda que se partiu e cortou a perna esquerda do árbitro Andrew McDougall.

Chocado, McDougall gemeu no mesmo instante e agarrou a perna, que sangrava na canela, e após receber cuidados na quadra foi levado para o centro médico do clube que sedia o evento.

Depois de longas discussões entre o juiz de cadeira e outras autoridades do torneio, Nalbandian foi desclassificado, o que causou assobios e vaias da plateia.

O regulamento da ATP determina a desclassificação imediata em tais casos, mas o argentino, finalista de Wimbledon em 2002, achou ter sido punindo com exagerada severidade.

"Sinto muito por fazer isso", disse o tenista de 30 anos à plateia. "Às vezes você fica frustrado na quadra e é difícil controlar... é um erro".

"É duro terminar uma final assim. Às vezes sentimos pressão da ATP. É um erro e tenho que pagar por isso. Todos cometem erros".

O diretor do torneio, Chris Kermode, disse que as regras tinham que ser obedecidas.

"David Nalbandian correu e, frustrado, chutou o painel debaixo do juiz de cadeira. Ele se partiu e cortou a perna do árbitro, deixando-o bastante ferido", declarou ele.

"Regras são regras. A ATP nos forçou a encerrar a final. David está se debatendo com isso. Ele lamento muito pelo que fez".

A vitória foi concedida a Cilic, apesar de ele estar atrás no placar.