Técnico da Croácia repudia torcedores racistas

domingo, 17 de junho de 2012 15:25 BRT
 

GDANSK, 17 Jun (Reuters) - O técnico da Croácia, Slaven Bilic, criticou alguns dos torcedores de sua seleção depois que seu comportamento racista colocou a Federação de Futebol Croata em uma saia justa com a UEFA.

Falando na véspera da partida decisiva da Croácia com a campeã europeia e mundial Espanha pelo Grupo C da Euro 2012, Bilic os alertou a ficar longe do estádio.

"“É muito decepcionante ouvir que alguns de nossos torcedores se comportaram assim", disse Bilic em coletiva de imprensa neste domingo.

"Não gosto dessas pessoas, não as quero nos apoiando. Não as queremos no estádio. Também estamos revoltados com esses torcedores estúpidos. Temos que detê-los para sempre".

Bilic, que jogou no West Ham United e no Everton e foi parte da seleção croata que ficou em terceiro lugar na Copa do Mundo da França em 1998, negou que o racismo seja endêmico em seu país.

"Acho que há um problema em toda a Europa e no mundo. Mas como croata, pai e esportista que vem de um país moderno e de mente aberta, não acho que haja um problema específico com o racismo na Croácia. Somos uma sociedade tolerante".

A Croácia chegará às quartas de final como vencedora de seu grupo se bater a Espanha na segunda-feira, e um empate em 2 x 2 ou mais também a levaria à fase eliminatória.