Escavadoras bloqueiam caminho de espanhóis e croatas na Euro

segunda-feira, 18 de junho de 2012 12:08 BRT
 

VARSÓVIA, 18 Jun (Reuters) - Torcedores da Espanha e Croácia que forem ao confronto entre suas equipes pelo Grupo C da Euro 2012, nesta segunda-feira, podem encontrar a avenida principal para a arena de Gdansk bloqueada por até 60 escavadoras e tratores, devido a um protesto por pagamentos atrasados aos operários.

Autoridades locais garantiram que vão fornecer rotas alternativas por bondes e ônibus para o jogo, que começa às 15h45 (horário de Brasília), mas que não podem ajudar os motoristas de carro estrangeiros seguindo rotas recomendadas pelo GPS para o estádio.

A avenida Slowackiego é a principal via que liga o aeroporto de Gdansk com a arena, que também deve receber a Alemanha nas quartas-de-final contra a Grécia na próxima semana.

Os operários dizem que não foram pagos pela construção da estrada.

"Devido ao bloqueio, temos trabalhado em um plano diferente para o transporte público ao estádio. O acesso ao estádio será assegurado", disse um funcionário da Autoridade de Transportes de Gdansk ao principal site da Polônia, o Gazeta.pl, pedindo aos fãs para viajarem de ônibus, bonde ou trem.

A Polônia tem trabalhado bastante para ter sua infraestrutura de estádios, estradas e hotéis pronta para o campeonato, do qual é coanfitriã junto com a Ucrânia, mas o empurrão final deixou várias importantes construtoras falidas ou à beira da falência.

Até 100 construtoras estão cobrando cerca de 50 milhões de zlotys (15 milhões de dólares) da empreiteira-geral por seu trabalho na estrada de Gdansk.

O grupo PBG, do qual faz parte a Hydrobudowa e que recebeu proteção contra a falência, é a maior construtora polonesa a vacilar diante dos 20 bilhões de euros gastos antes do torneio.

A empresa ajudou a construir três do quatro estádios do país para a Euro 2012.

(Reportagem de Adrian Krajewski)