19 de Junho de 2012 / às 20:00 / em 5 anos

Mano Menezes pede a Cielo "o caminho do ouro olímpico"

O brasileiro Cesar Cielo, representando o Clube Flamengo, aquece-se antes de finais numa competição de qualificação para as Olimpíadas de 2012 em Londres, no Rio de Janeiro, 27 de abril de 2012. REUTERS/Sérgio Moraes

SÃO PAULO, 19 Jun (Reuters) - Em busca do primeiro título olímpico do futebol brasileiro, o técnico Mano Menezes pediu nesta terça-feira “o caminho do ouro” ao nadador Cesar Cielo para a disputa dos Jogos de Londres.

“Eu pedi a ele o caminho do ouro, mas como essas receitas não são fáceis, sabemos que precisamos construir o nosso caminho e vamos trabalhar para isso”, disse Mano em entrevista coletiva durante evento em São Paulo, do qual também participou Cielo, campeão da prova dos 50 metros livre em Pequim-2008.

O nadador afirmou não entender muito de futebol, mas acredita que o time brasileiro deve disputar a Olimpíada, que começa no fim de julho, como uma competição qualquer.

“É não tentar imaginar que aquilo (a Olimpíada) é mais do que a gente já sabe fazer. É deixar a tranquilidade prevalecer e pensar que a performance está acima de qualquer nome de competição e de qualquer pressão que apareça”, declarou Cielo.

A seleção brasileira disputou no fim de maio e começo de junho quatro amistosos, com vitórias sobre Dinamarca e Estados Unidos, e derrotas diante de México e Argentina. O técnico considerou positiva a atuação da equipe.

“Gostei muito do desempenho da seleção como um todo. (Os amistosos) reforçaram a ideia que a gente tinha”, disse ele.

Mano admitiu que o zagueiro Thiago Silva, do Milan, é um dos três atletas acima de 23 anos que disputará os Jogos. Os outros dois “veteranos” serão anunciados na convocação de 6 de julho.

O treinador não quis dar pistas dos escolhidos, mas deve optar os jogadores de defesa, considerada o ponto fraco da equipe, depois que o time tomou oito gols nos amistosos, sendo quatro da Argentina comandada por Lionel Messi.

“Técnico repensa muito suas opções. É sempre muito solitário esse momento final das decisões. Vai ser uma seleção equilibrada, forte, para fazer uma grande Olimpíada que eu tenho certeza que nós vamos fazer”, afirmou ele.

“Temos uma seleção olímpica muito boa, mas o fato de ganharmos ou não é circunstancial daquele momento. O Brasil está entre os países que têm uma capacidade de, mesmo não fazendo uma trajetória tão boa, chegar no momento decisivo e se sair bem, por seus valores e talentos.”

Mano rejeitou as críticas do presidente do Santos, Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, que disse que o atacante Neymar voltou exausto dos amistosos que fez com a seleção.

“Temos uma preocupação muito grande com o estado dos atletas, porque eles não são nossos atletas, eles estão nossos atletas por determinado momento. É muito ruim você receber um atleta e não devolvê-lo na condição ideal para um clube”, afirmou Mano.

“O desgaste é inevitável, a maioria dos atletas joga 80, 85 jogos numa temporada. Nosso cuidado é com a carga de treinamento, com a estrutura de tudo aquilo que fisiologicamente pode interferir... para que tenha equilíbrio entre treino, alimentação e descaso.”

Mano reconheceu que algumas questões “chateiam”, como o fato de o presidente santista ter sugerido um favorecimento ao Corinthians, antigo clube do treinador e que não teve jogadores convocados para os últimos amistosos.

Santos e Corinthians definem nesta semana um dos finalistas da Copa Libertadores.

“Não posso policiar o que as pessoas pensam, o que elas falam. Fui convidado para construir uma nova seleção e é isso que estou fazendo”, disse.

Reportagem de Tatiana Ramil

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below