Cielo diz estar mais maduro e mais chato que em 2008

terça-feira, 19 de junho de 2012 19:37 BRT
 

SÃO PAULO, 19 Jun (Reuters) - Novato na Olimpíada de Pequim, há quatro anos, Cesar Cielo chegará aos Jogos de Londres como campeão olímpico, mundial e favorito na prova dos 50 metros livre. E ele gosta desta condição.

O nadador brasileiro afirmou nesta terça-feira se sentir mais confortável agora, ao lutar pelo bicampeonato, do que quando era um atleta quase desconhecido.

"Eu me conheço muito bem, tenho um tato bem aguçado em relação ao que dá para melhorar, uma análise muito crítica da parte técnica da prova. Sinto que hoje uma auto-análise é muito mais importante que uma análise de adversários", disse Cielo em entrevista coletiva em São Paulo.

O brasileiro de 25 anos disse que muita coisa mudou nestes quatro anos. No período, ele ganhou a prova dos 50 m livre em Pequim-2008 e nos Mundiais de 2009, 2010 e 2011. Nos 100 m livre, foi bronze na última Olimpíada e ouro nos Mundiais de 2009 e 2010.

Conhecido pelo jeito exigente e competitivo, ele brincou com suas características.

"Estou mais chato, fiquei mais mala com o tempo, mais perfeccionista ainda. Acho que um pouquinho da ansiedade que está acontecendo agora é muito parecido com o que senti em 2008. É uma coisa natural, a competição está chegando", disse.

"Mas como pessoa não tem comparação. Me sinto muito mais maduro, experiente, me sinto mais preparado para a competição e para qualquer desafio que apareça."

Cielo espera ser mais rápido que seu melhor tempo nos 50 m livre, 21s38, conseguido após a extinção dos supermaiôs, no Troféu Maria Lenk, em abril. Mesmo assim, ele é cauteloso quanto às chances de vitória.

"É difícil apontar um tempo final. Tenho uma janela para melhorar dentro da minha melhor prova, os 21s38. Quero fazer uma prova melhor que 21s38, mas não sei se vai ser suficiente. Tem que ficar de olho aberto. Posso estar como favorito, o melhor da prova, mas ninguém é bobo", declarou.   Continuação...