Drogba reencontra Anelka em novo clube azul: Shanghai Shenhua

quarta-feira, 20 de junho de 2012 12:42 BRT
 

Por Patrick Johnston

20 Jun (Reuters) - O atacante da Costa do Marfim Didier Drogba acabou com semanas de especulações sobre seu futuro nesta quarta-feira, ao anunciar que vai se juntar ao ex-companheiro de equipe no Chelsea Nicolas Anelka no Shanghai Shenhua, da China.

Drogba estava cotado para fazer a mudança para o futebol chinês desde que anunciou no mês passado que estava deixando o Chelsea, depois de marcar o pênalti decisivo para o clube londrino em sua vitória na final da Liga dos Campeões sobre o Bayern de Munique.

O jogador, de 34 anos, irá se juntar aos companheiros da nova equipe em julho, assim que seu contrato com o Chelsea --azul assim como o Shanghai-- terminar em 30 de junho, disse o clube chinês em comunicado nesta quarta-feira.

"Estudei todas as ofertas recebidas durante as últimas semanas e tenho a sensação de que a ida para o Shanghai é o rumo certo para mim agora", afirmou Drogba em seu site (www.didierdrogba.com).

"Estou ansioso para esse desafio, para descobrir uma nova cultura, e estou muito entusiasmado com o desenvolvimento da liga de futebol chinesa."

O Shanghai espera que o jogador da Costa do Marfim, apelidado de "A Fera" na China, possa ter um impacto imediato e ajudar o time a superar um começo de temporada desanimador para a equipe, que está em 12o lugar no campeonato de 16 equipes, apesar do investimento pesado.

Após apostar no técnico francês Jean Tigana, eles demitiram o treinador pela campanha ruim, com Anelka assumindo temporariamente as função de técnico-jogador.

O atacante acabou sendo relutantemente substituído pelo ex-técnico da Argentina Sergio Batista no comando da equipe

Os detalhes financeiros do contrato de dois anos e meio não foram divulgados por Drogba ou pelo clube, mas reportagens divulgadas pela mídia disseram que o atacante iria receber em torno de 300 mil dólares por semana.