24 de Junho de 2012 / às 16:43 / 5 anos atrás

Alonso leva torcida ao delírio com vitória em Valencia

Piloto da Fórmula 1 Fernando Alonso, da Espanha, espirra champagne durante cerimônia do pódio após vencer o Grande Prêmio da Europa de F1 no circuito de rua de Valência. 24/06/2012Albert Gea

Por Mark Elkington

VALÊNCIA, 24 Jun (Reuters) - Fernando Alonso, da Ferrari, levou os fãs ao delírio ao vencer um tumultuado GP da Europa em Valencia e assumir a liderança geral do campeonato e tornando-se o primeiro piloto a repetir uma vitória na temporada.

O espanhol teve a companhia de outros dois ex-campeões pela Ferrari no pódio -Kimi Raikkonen em segundo pela Lotus e Michael Schumacher em terceiro pela Mercedes.

A vitória levou Alonso, que largou em 11o, ao topo da classificação com 111 pontos, 20 à frente do australiano Mark Webber da Red Bull, após 8 das 20 corridas.

Foi a 29a vitória da carreira de Alonso, que conquistou dois títulos pela Renault em 2005 e 2006.

Alonso foi ajudado pelos problemas mecânicos que deixaram o alemão Sebastian Vettel da Red Bull e o francês Romain Grosjean da Lotus fora da corrida, enquanto o até então líder do campeonato Lewis Hamilton envolveu-se numa batida nas últimas voltas.

Foi uma importante conquista em um circuito de rua sinuoso que viu três dos quatro últimos vencedores começarem na frente e nenhum deles foi além do quarto lugar.

"Foi talvez a melhor vitória que eu tive em termos de emoção", disse Alonso em uma coletiva de imprensa após compartilhar a emoção com os fãs e ser assediado pelos fotógrafos sob o sol do Mediterrâneo.

"Aqui e agora, com a Eurocopa acontecendo, e todos os fãs, eu estou muito orgulhoso de ser espanhol neste momento", disse Alonso, que enxugou muitas lágrimas de alegria durante a execução dos hinos.

Hamilton lutava para defender o terceiro lugar quando foi atingido pelo venezuelano Pastor Maldonado da Williams, quando restavam duas voltas.

O campeão de 2008 bateu no volante em fúria antes de arrancá-lo e arremessá-lo para fora do cockpit.

O heptacampeão Schumacher chegou ao terceiro lugar com seu Mercedes, seu primeiro pódio desde que estava na Ferrari em 2006 e após seu retorno a categoria em 2010.

Aos 43 anos, ele se tornou o piloto mais velho a subir no pódio desde que o australiano Jack Brabham terminou em segundo no circuito britânico de Brands Hatch aos 44 anos em 1970.

"Quando cruzamos a linha, perguntei à equipe em que lugar terminamos", disse o alemão. "Eles disseram terceiro e eu não podia acreditar. Eu perdi a conta. É um sentimento maravilhoso voltar após tanto tempo."

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below