Lochte volta a desbancar Phelps na seletiva olímpica dos EUA

terça-feira, 26 de junho de 2012 10:38 BRT
 

Por Julian Linden

OMAHA, Estados Unidos, 26 Jun (Reuters) - Após passar a maior parte da sua carreira tentando derrotar Michael Phelps, Ryan Lochte está agora ditando o ritmo nas piscinas e vencendo repetidamente o rival nas competições.

Foi o que aconteceu no Mundial de Natação do ano passado, em que Lochte venceu as provas dos 200 metros livre e 200 medley, nas quais Phelps antes reinava absoluto.

Na seletiva olímpica norte-americana de segunda-feira, a história se repetiu nos 400 metros medley, garantindo o lugar de Lochte na equipe olímpica dos EUA na Olimpíada de Londres.

Phelps, em segundo lugar, também se classificou, e nada impede que ele tire o ouro olímpico de Lochte, que no entanto diz não ter mais medo de enfrentá-lo dentro da água.

"É uma rivalidade que temos já faz quase oito anos, e agora (a vitória) tem passado de um lado para o outro", disse Lochte. "É difícil dizer quem é o melhor nadador, porque ambos somos grandes competidores."

O mais surpreendente da prova de segunda-feira talvez tenha sido a ausência de surpresas. Phelps liderou na perna de abertura, com nado borboleta, mas foi ultrapassado na etapa do nado de costas, e não recuperou a ponta.

No final, Lochte chegou a desacelerar e "deslizou" até tocar no bloco, com o tempo de 4min07s06. Phelps concluiu a prova em 4min07s89, mais de quatro segundos acima do recorde mundial estabelecido por ele na Olimpíada de Pequim-2008.

Depois de ver Phelps conquistar oito ouros em Pequim, Lochte quer um desempenho semelhante em Londres, embora ainda não tenha confirmado quantas provas irá disputar.

Ele se inscreveu nas seletivas para 11 provas, mas já desistiu dos 400 metros livres. Ele também participa de três equipes de revezamento.