Uefa investiga russos e espanhóis por racismo na Euro 2012

terça-feira, 26 de junho de 2012 13:58 BRT
 

Por Justin Palmer

VARSÓVIA, 26 Jun (Reuters) - A Uefa anunciou nesta terça-feira a abertura de procedimentos disciplinares contra as federações de Espanha e Rússia por causa de comportamentos e gritos racistas dos seus torcedores durante a atual Eurocopa.

Os incidentes, que serão discutidos na quinta-feira, ocorreram durante as partidas Espanha x Itália, disputada no dia 10 em Gdansk, e Rússia x República Tcheca, que aconteceu no dia 8 em Wroclaw.

A entidade que dirige o futebol europeu já multou a Federação Croata de Futebol em 80 mil euros (100,6 mil dólares) por causa de insultos racistas proferidos por seus torcedores contra o atacante italiano Mario Balotelli durante confronto em 14 de junho.

A Uefa vem recolhendo provas de que, quatro dias antes disso, torcedores espanhóis também teriam insultado Balotelli durante a partida pelo Grupo C do torneio.

No jogo contra a Rússia, o zagueiro Theodor Gebre Selassié, primeiro negro a jogar pela seleção tcheca, disse ter "notado" cânticos racistas vindos da torcida russa.

 
Torcedor russo antes da partida entre Rússia e Grécia pela Eurocopa no Estádio Nacional em Varsóvia, na Polônia. Uefa anunciou a abertura de procedimentos disciplinares contra as federações de Espanha e Rússia por causa de comportamentos e gritos racistas dos seus torcedores durante a atual Eurocopa. 16/06/2012 REUTERS/Jerzy Dudek