27 de Junho de 2012 / às 22:59 / 5 anos atrás

Doping tira nadador Glauber Silva dos Jogos de Londres

SÃO PAULO, 27 Jun (Reuters) - O nadador brasileiro Glauber Silva teve seus resultados recentes anulados após ter sido flagrado em um exame antidoping e está fora dos Jogos Olímpicos de Londres, informou a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (Cbda) nesta quarta-feira.

Silva, que tinha índice nos 100 metros borboleta, apresentou teste positivo para a substância testosterona em exame realizado em 12 de maio, durante Tentativa Olímpica para Londres 2012, no Rio de Janeiro.

O painel da Cbda considerou que o resultado do exame é consistente “com o uso de esteroide através de administração exógena” e decidiu aplicar a “inelegibilidade de dois anos”.

Além disso, o atleta de 25 anos, que estava suspenso provisoriamente desde 16 de junho, teve todos os resultados, medalhas e prêmios anulados durante a competição, o que o deixa de fora dos Jogos.

Glauber Silva não era apontado como favorito à conquista de medalhas em Londres.

Outras duas nadadoras brasileiras, Flávia Delaroli e Pamela Alencar, também foram punidas por casos de doping, mas elas não estavam classificadas para a Olimpíada.

Delaroli foi flagrada em exame de 10 de maio para a substância tuaminoheptano. O painel da Cbda considerou que o medicamento Rinofluimucil foi responsável pelo teste positivo e que “não houve intencionalidade de aumento de desempenho por parte da atleta”.

Delaroli, que participou das Olimpíadas de 2004 e 2008, está suspensa por três meses e seus resultados da competição, a mesma em que Glauber Silva foi flagrado, foram anulados.

Com apenas 16 anos, Pamela teve teste positivo para a substância furosemida e também neste caso a Cbda entendeu que não houve intenção de aumento de desempenho.

“(O painel) considerou o fato de a atleta ter demonstrado o controle médico e nutricional de qualidade, e de que sua amostra apresenta uma gravidade específica de 1.009, o que afasta a possibilidade de uso de substância mascarante”, disse a Cbda em seu site.

A atleta foi suspensa por seis meses e teve seus resultados do torneio de maio anulados.

No ano passado, a natação brasileira esteve envolvida em outros casos de doping.

Cesar Cielo, campeão olímpico dos 50 metros livre, teve um exame positivo para o diurético furosemida, durante o Campeonato Brasileiro -Troféu Maria Lenk de Natação- mas escapou de uma suspensão e foi apenas advertido pela Cbda.

O mesmo aconteceu com Nicholas Santos, Henrique Barbosa e Vinícius Waked, que também tiveram exames positivos para a furosemida. Os nadadores perderam os resultados obtidos apenas na competição em que foram flagrados.

Reportagem de Tatiana Ramil

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below