Para Hamilton,batida em Valência foi "pontinho" em um grande ano

sexta-feira, 29 de junho de 2012 12:20 BRT
 

Por Alan Baldwin

LONDRES, 29 Jun (Reuters) - Lewis Hamilton, da McLaren, descreveu sua encostada no carro de Pastor Maldonado, da Williams, na corrida em Valência como um mero pontinho em uma temporada que ele espera ser vitoriosa.

Ansioso para o Grande Prêmio de Silverstone na próxima semana, o campeão mundial de Fórmula 1 de 2008 disse em entrevista à Reuters TV que tinha deixado a polêmica para trás e seguido em frente.

"Eu só sigo em frente. É passado, isso realmente não importa agora", disse Hamilton em um evento em Londres para o patrocinador Santander.

"Eu ainda estou na batalha para o título, ainda há um longo, longo caminho para seguir e eu tenho sido fortemente consistente todo o caminho até aqui, e em termos da minha preparação e minha abordagem, vou continuar a manter o mesmo", acrescentou.

"Não é como se eu tivesse batido no muro por conta própria. Eu não cometi o erro sozinho, então eu acho que vou apenas continuar a fazer o que eu estou fazendo e tentar ficar mais longe de problemas."

Hamilton estava defendendo o terceiro lugar no Grande Prêmio da Europa contra Maldonado na penúltima volta quando o venezuelano perdeu o controle de sua Williams e desviou Hamilton para o muro, tirando-o da corrida.

Hamilton esmurrou o volante com os punhos antes de jogá-lo para fora do carro e sair dele, falando muito pouco para os repórteres depois.

Maldonado, vencedor do Grande Prêmio da Espanha em Barcelona, em maio, foi responsabilizado pelo acidente e penalizado com tempo após a corrida, o que lhe custou o décimo lugar.   Continuação...