Agência antidoping dos EUA prepara acusação contra Armstrong

sexta-feira, 29 de junho de 2012 20:09 BRT
 

29 Jun (Reuters) - Um comitê da Agência Antidoping dos EUA (Usada, na sigla em inglês) recomendou por unanimidade que o órgão imponha acusações ao ciclista Lance Armstrong por uso de substâncias proibidas, disse a agência na sexta-feira.

O processo começou neste mês, e agora deve passar a uma audiência de arbitragem, na qual o ciclista poderá contestar as acusações - o que ele já indicou que fará.

"O comitê de revisão, com três membros, conduziu uma avaliação completa e fez uma recomendação unânime de avançar com o processo de ajudicação em concordância com as regras", disse a Usada em nota.

O advogado de Armstrong Robert Luskin disse que a agência estava "obcecada" por processar o ex-ciclista.

Cinco pessoas ligadas a Amstrong - três médicos e dois membros da sua equipe - também foram informadas neste mês que serão alvo de procedimentos nesse que pode ser um dos maiores casos de doping já ocorridos.

Armstrong, que se aposentou no ano passado sem nunca ter sido reprovado em um exame antidoping, contestou as acusações de que teria consumido substâncias de melhoria do desempenho entre 1998 e 2011.

As acusações incluem o uso prolongado de drogas como EPO, transfusões de sangue, testosterona, corticoesteroides, hormônio do crescimento humano e agentes para mascarar o doping. O ciclista é acusado também de ter traficado substâncias a colegas.

(Reportagem de Larry Fine em Nova York)