Bolt e Blake treinam em busca vaga olímpica em Londres

sábado, 30 de junho de 2012 15:19 BRT
 

Por Steve Keating

KINGSTON, Jamaica, 30 Jun (Reuters) - Apenas 12 horas após Yohan Blake conseguir uma surpreendente vitória sobre o recordista mundial Usain Bolt nos 100 metros, os dois parceiros de treino estavam de volta aos blocos de partida e na rota de 200 metros nas eliminatórias olímpicas da Jamaica neste sábado.

A dupla começou cedo as baterias preliminares dos 200 metros em um Estádio Nacional vazio, um forte contraste com a atmosfera eletrizante na pista na noite de sexta-feira.

Com apenas uma equipe de limpeza desinteressada varrendo, profissionais de mídia e alguns familiares olhando, Bolt disparou rapidamente dos blocos de partida e passou pela linha de chegada em um tempo de 21,21, mais de dois segundos além de seu recorde mundial.

Perguntado se estava voltando para a cama depois de começar às 09h (horário local), Bolt riu, 'é claro, cara', ao jogar uma toalha branca sobre a cabeça e se dirigir à saída antes de Blake ter sequer terminado sua bateria.

Correndo uma bateria com apenas outro quatro atletas, Blake também não precisou de grande esforço em uma manhã quente e úmida, com os quatro primeiros em cada corrida avançando para as semifinais mais tarde neste sábado.

Blake conseguiu a vitória jamaicana dos 100 metros em deslumbrantes 9,75 segundos, a melhor marca pessoal e o tempo mais rápido do mundo neste ano, mas mal mudou de marcha em sua bateria de 200 metros, cruzando em primeiro lugar em 21,43.

Apelidado de 'A Fera', Blake disse que tinha pouco tempo para saborear o seu desempenho nos 100 metros, antes de rapidamente se concentrar nos 200 metros.

"Eu acho que talvez todos ficaram surpresos (com a vitória nos 100 metros), mas eu não", afirmou Blake. "É preciso se concentrar de novo e saber que nada está concluído até depois das Olimpíadas".

A corrida dos 200 metros deverá ser ainda mais competitiva entre os dois parceiros de treino, que possuem os dois melhores tempos no evento, com Bolt detendo o recorde mundial de 19,19, seguido por Blake com 19,26.

A final no domingo encerra o evento de quatro dias com os três primeiros colocados conquistando uma vaga no time da Jamaica para os Jogos Olímpicos de Londres.