1 de Julho de 2012 / às 17:19 / em 5 anos

Em má fase, Xavi quer ser decisivo na final da Eurocopa

O goleiro da seleção espanhola Iker Casillas (esquerda) e Xavi Hernández esperam para começar uma sessão de treinamento no estádio Olímpico em Kiev, na Ucrânia. 30/06/2012 REUTERS/Darren Staples

Por Iain Rogers

KIEV, 1 Jul (Reuters) - Xavi não tem jogado em sua plenitude na Euro 2012, e no sábado admitiu não ter exibido a periculosidade que se tornou um fator-chave nos triunfos recentes da Espanha.

O jogador de 32 anos é figura central na maioria dos ataques dos campeões europeus e mundiais, que vão precisar dele para alcançar a plena forma, derrotar a Itália e manter o título continental.

Em coletiva de imprensa antes do jogo, quando fará sua 115a participação pela Espanha, Xavi disse acreditar que desempenhou um papel significativo na caminhada de sua seleção até a final.

“Gostaria de ter sido mais decisivo nas partidas cruciais, mas estou satisfeito com nossa forma de jogar, nossa filosofia”, afirmou.

“Sinto-me bem, minha prioridade é sempre ajudar o time e tentarei curtir o jogo.”

Uma vitória no domingo fará da Espanha a primeira nação a conquistar dois campeonatos europeus com uma Copa do Mundo entre eles.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below