Espanhóis vão às ruas receber campeões da Eurocopa

segunda-feira, 2 de julho de 2012 19:03 BRT
 

MADRI, 2 Jul (Reuters) - Milhares de pessoas saíram às ruas de Madri nesta segunda-feira para receber a seleção espanhola de futebol, que na véspera conquistou seu terceiro título europeu, o segundo consecutivo, ao golear a Itália por 4 x 0 em Kiev, na Ucrânia.

A festa nas cidades da Espanha após o apito final entrou pela madrugada e uma multidão recepcionou os 23 jogadores que desfilaram em ônibus abertos durante duas horas pelas ruas de Madri.

Já passava das 21h quando o grupo chegou à praça Cibeles, no centro, que estava iluminada de vermelho para a ocasião. Num palco montado atrás da estátua da deusa, shows musicais se sucederam durante a tarde, até a chegada dos jogadores.

Como em celebrações anteriores, o goleiro Pepe Reina, do Liverpool, fez as vezes de animador da plateia. "A história já estava feita quando chegamos à final, somos uma equipe lendária", disse ele ao apresentar seus colegas de time e o técnico Vicente del Bosque.

A Espanha é agora o único país a ter conquistado dois títulos continentais consecutivos e uma Copa do Mundo entre eles. A vitória contribui para que o país esqueça, ao menos durante alguns dias, da sua crise econômica, num momento em que o desemprego chega a quase 25 por cento e o sistema bancário recebeu uma ajuda europeia de 100 bilhões de euros.

Os heróis do título chegaram ao aeroporto de Barajas pouco antes das 16h (hora local), num avião que trazia o lema "Orgulhosos da Nossa Seleção", e a estrela de campeões do mundo conquistada na África do Sul em 2010.

Em seguida, a delegação passou pelo Palácio de La Zarzuela, onde foi recebida pelo rei Juan Carlos. O príncipe Felipe e o primeiro-ministro Mariano Rajoy haviam assistido à final de domingo contra a Itália em Kiev.

(Reportagem de Teresa Medrano, Teresa Larraz e Nigel Davies)