África do Sul seleciona Pistorius para os Jogos de Londres

quarta-feira, 4 de julho de 2012 11:44 BRT
 

JOHANESBURGO, 4 Jul (Reuters) - O velocista sul-africano Oscar Pistorius, que teve as duas pernas amputadas, vai disputar a prova individual dos 400 metros e o revezamento 4x400 nos Jogos Olímpicos de Londres, disse um dirigente do Comitê Olímpico da África do Sul nesta quarta-feira.

A inclusão de Pistorius na equipe sul-africana do revezamento significa que ele está autorizado a disputar também a prova individual, de acordo com Tubby Reddy, chefe-executivo da Confederação Esportiva e do Comitê Olímpico da África do Sul (Sascoc).

Pistorius, que corre usando próteses de fibra de carbono, será o primeiro competidor amputado das duas pernas a disputar uma competição de atletismo dos Jogos Olímpicos.

Suas chances de disputar a prova individual dos 400m pareciam ter acabado depois que ele não conseguiu alcançar o índice olímpico A até 30 de junho, data limite do Sascoc.

O atleta de 25 anos, conhecido como "Blade Runner", conseguiu o índice A uma vez este ano, ao correr em 45s20 em março na África do Sul, mas o Sascoc exige que o atleta faça o índice duas vezes para obter a vaga olímpica, sendo uma deles num evento internacional.

A inclusão de Pistorius na equipe do revezamento, no entanto, abriu a oportunidade para ele correr os 400m.

"Ele foi selecionado para a equipe olímpica (no revezamento 4x400m) e então surgiu a questão se ele poderia correr os 400m, e ele pode porque faz parte da equipe", disse Reedy em entrevista por telefone à Reuters.

Pistorius comemorou a chance de representar seu país nos Jogos Olímpicos.

"Hoje é de verdade o dia de mais orgulho da minha vida. Ser selecionado para representar a Equipe África do Sul nos Jogos Olímpicos de Londres 2012 nos 400m e no revezamento 4x400m é uma verdadeira honra e estou muito contente que tantos anos de trabalho duro, determinação e sacrifício tenham valido a pena", disse ele em comunicado.

(Reportagem de Jason Humphries em Durban; Reportagem adicional de Jon Herskovitz)