Espanhola María de Villota perde olho em acidente em teste da F1

quarta-feira, 4 de julho de 2012 16:08 BRT
 

LONDRES, 4 Jul (Reuters) - A piloto de testes espanhola da equipe Marussia María de Villota perdeu o olho direito e permanece em estado crítico no hospital depois de ter passado por uma cirurgia por causa de ferimentos na face e na cabeça sofridos em um acidente durante um teste, informou a escuderia da Fórmula 1 nesta quarta-feira.

Villota envolveu-se em um acidente enquanto dirigia o carro pela primeira vez na terça-feira, em um teste em linha reta no aeroporto de Duxford, no leste da Inglaterra, antes do Grande Prêmio da Grã-Bretanha, neste fim de semana.

Após completar uma volta e voltar para os mecânicos, o carro dela de repente acelerou e bateu na traseira de um caminhão da equipe. O capacete da piloto, de 32 anos, sofreu um grande impacto.

"É com grande tristeza que devo informar que, em razão dos ferimentos sofridos, María perdeu seu olho direito", disse o chefe da equipe, John Booth, em um comunicado.

A Marussia informou que os cirurgiões do hospital Addenbrooke, de Cambridge, iniciaram uma demorada cirurgia na tarde de terça-feira que se seguiu até a manhã de quarta-feira.

(Reportagem de Alan Baldwin)

 
A piloto de testes espanhola Maria de Villota posa anrtes do Grande Prêmio australiano no circuito de Albert Park em Melbourne, na Austrália. María perdeu o olho direito e permanece em estado crítico no hospital depois de ter passado por uma cirurgia por causa de ferimentos na face e na cabeça sofridos em um acidente durante um teste. 15/03/2012 REUTERS/Daniel Muñoz