PERFIL-Serena vai a Londres em busca de ouro olímpico inédito

quinta-feira, 5 de julho de 2012 13:32 BRT
 

Por Steve Ginsburg

WASHINGTON (Reuters) - Disparando um ameaçador voleio verbal contra suas adversárias olímpicas, Serena Williams diz estar ansiosa para arrebatar o único título que ainda não faz parte de sua galeria de troféus: uma medalha de ouro individual.

"Está cada vez mais perto e estou mais empolgada", disse recentemente a vencedora de 13 Grand Slams sobre a Olimpíada de Londres.

"É uma sensação ótima, adoro me sentir assim. Já estou com frio na barriga", disse.

Williams tem um par de medalhas de ouro em duplas, mas viu o ouro escapar quatro anos atrás em uma derrota em três sets nas quartas de final para Elena Dementieva, que se consagrou campeã em Pequim.

Embora não tenha conquistado um título de Grand Slam em 2011, a treinadora da equipe norte-americana, Mary Joe Fernandez, alertou quem queria descartar a tenista de 30 anos.

"Vimos Serena ressurgir sem esperar", disse ela à Reuters em entrevista por telefone. "No Aberto da Austrália de 2007 ela nem era um das cabeças-de-chave, mas foi ganhando terreno e o conquistou. Vimos isso em inúmeras ocasiões", afirmou.

"À medida que envelhece, isso ganha mais significado para ela. Ela vai mostrar uma enorme determinação para conseguir o ouro individual."

A disputa olímpica será travada na grama do All-England Club, palco do torneio de Wimbledon. Para Serena, que se classificou nesta quinta-feira para a final do Grand Slam londrino, é uma mudança bem-vinda em relação à quadra dura de Pequim.   Continuação...