França confirma ex-capitão Deschamps como novo técnico

domingo, 8 de julho de 2012 16:26 BRT
 

PARIS, 8 Jul (Reuters) - Didier Deschamps foi nomeado novo técnico da seleção francesa neste domingo, tornando-se o mais recente campeão do mundo de 1998 a receber a difícil tarefa de transformar um grupo de jogadores talentosos em um time vitorioso.

"Noel Le Graet, presidente da Federação Francesa de Futebol (FFF), e Didier Deschamps encerraram suas discussões e chegaram a um acordo para a indicação do senhor Deschamps como técnico da França", informou um comunicado da FFF.

Deschamps, capitão da seleção francesa campeã em 1998 no Mundial disputado em casa, deixou o Olympique de Marselha quase uma semana atrás e substitui Blanc, que se demitiu após a eliminação francesa nas quartas de final da Euro 2012.

A primeira tarefa de Deschamps será unir uma seleção frequentemente em crise em busca da classificação para a Copa do Mundo de 2014 no Brasil. A França está em um grupo difícil, que inclui a atual campeã mundial e europeia Espanha.

A federação convocou quatro jogadores, incluindo o meia-atacante Samir Nasri --que disparou xingamentos contra um repórter--, a uma audiência disciplinar por "mal comportamento" na Eurocopa, num indicativo dos problemas que Deschamps terá pela frente.

Blanc, que assumiu em 2010 na esteira da campanha medíocre no Mundial da África do Sul em que os jogadores se rebelaram, saiu depois que seu time sofreu uma derrota de 2 x 0 para a Espanha nas quartas da Euro 2012.

Blanc tirou algum tempo para decidir se assinaria um novo contrato e optou por abandonar o cargo, e relatos da mídia afirmam que alguns dos maiores clubes europeus tentarão contratá-lo.

Deschamps, cujo histórico como técnico é questionável, também precisou de vários dias para decidir se aceitaria o posto.

Ele levou o modesto Mônaco à final da Liga dos Campeões em 2004 e devolveu a Juventus à primeira divisão da liga italiana em 2007, após o escândalo de compra de resultados, mas pediu demissão logo depois por atritos com a direção a respeito de novas contratações.

O Marselha conquistou o título francês em 2010 sob seu comando, mas sua última temporada foi pavorosa para um dos maiores clubes franceses. A equipe ficou apenas em 10o lugar.

Sua primeira partida no comando da França será um amistoso com o Uruguai, em casa, no dia 15 de agosto.