Britânicos contam com ajuda de santo para Olimpíada sem chuva

sexta-feira, 13 de julho de 2012 13:34 BRT
 

LONDRES, 13 Jul (Reuters) - A incessante chuva na Grã-Bretanha neste verão atrapalhou festivais, encharcou desfiles reais e agora ameaça complicar os Jogos Olímpicos -- mas a ajuda pode estar nas mãos de um poder superior.

Segundo antigo folclore inglês, o dia do Santo Swithin -- que cai no domingo -- funciona como um indicador para o mês seguinte. Se chover no dia, então choverá nos próximos 40 dias. Mas se o tempo ficar bom, assim permanecerá nos dias seguintes.

E, após o verão mais chuvoso desde o início dos registros modernos, a previsão para domingo é de tempo seco.

Os Jogos Olímpicos começam em duas semanas e as previsões sugerem que, enquanto as chuvas pesadas podem diminuir, o clima em Londres poderia ficar ainda mais úmido do que a média na maior parte da quinzena olímpica.

Há temores de que a cerimônia de abertura e os eventos de atletismo, entre outros, sejam prejudicados pela chuva da mesma forma que o desfile de embarcações no Jubileu de Diamante da Rainha em maio.

O Santo Swithin era um bispo saxão que morreu há mais de 1.100 anos, em 862. Ele foi enterrado de acordo com seus desejos nos arredores da catedral de Winchester, no sul da Inglaterra, para que as pessoas andassem sobre seu túmulo e a chuva caísse sobre ele.

Mas o bispo foi posteriormente enterrado em um santuário no interior da catedral, um ato que foi acompanhado por tempestades violentas, que duraram 40 dias e 40 noites e foram amplamente consideradas um sinal do seu descontentamento por ter sido movido para dentro.

Registros meteorológicos britânicos ao longo dos últimos 160 anos não mostram evidência de um padrão para 40 dias depois do dia do Santo Swithin.

(Reportagem de Zola Hargreaves)