Kuweit poderá levantar sua bandeira na Olimpíada

domingo, 15 de julho de 2012 14:07 BRT
 

14 Jul (Reuters) - O Kuweit está autorizado a levantar sua bandeira nacional e a tocar seu hino durante os Jogos Olímpicos de Londres, declarou o Comitê Olímpico Internacional (COI) neste sábado, depois de resolver uma discussão sobre a participação do país na competição.

O COI havia suspendido o Kuweit em 2010, dizendo que havia evidência de interferência política no movimento esportivo do país.

A entidade havia dito em maio que os competidores do país só poderiam participar sob a bandeira Olímpica com o nome “"Atleta Olímpico Independente".

Mas após reuniões entre dirigentes do país e o COI, a suspensão foi revogada, disse a entidade.

“"Eu posso confirmar que o Comitê Olímpico Nacional do Kuweit (NOC) será completamente representado em Londres com bandeiras e hinos" disse o diretor de comunicação do COI, Mark Adams, em um comunicado por e-mail.

O COI havia dito que o Kuweit precisava adotar medidas para garantir a independencia de seu movimento esportivo para que a suspensão pudesse ser levantada.

A pequena equipe olímpica do Kuweit inclui duas mulheres --a atiradora Mariam Erzouqi e a nadadora Faye Sultan. É apenas a segunda vez que mulheres do Kuweit irão competir nos Jogos Olímpicos.

A primeira mulher a competir pelo Kuweit na Olimpíada foi Danah al-Nasrallah, que competiu nos 100 metros rasos em 2004.

Os Jogos de Londres começam em 27 de julho.

 
Trabalhadores são vistos erguendo a bandeira do Kuweit, em preparação para as comemorações do Dia nacional do país em 2011. Neste sábado, o Kuweit foi autorizado pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) a levantar sua bandeira nacional e a tocar seu hino durante os Jogos Olímpicos de Londres, após discussão sobre a participação do país na competição. 18/02/2011 REUTERS/Stephanie McGehee