Ruandense de 15 anos se classifica para nadar em Londres

domingo, 15 de julho de 2012 11:48 BRT
 

Por jenny clover

KIGALI, 15 Jul (Reuters) - Quando Alphonsine Agahozo, de 15 anos, nadar na Olimpíada de Londres no mês que vem, será o orgulho de seu pai e de sua nação africana, Ruanda.

O pai, Alphonse Twagirimana, professor de natação durante 30 anos e atualmente desempregado, começou a treiná-la quando ela tinha três anos, e agora a assistirá para ver como o trabalho duro compensou nas provas dos 50 metros nado livre em 3 de agosto.

"Percebi que ela iria longe como nadadora quando ainda tinha seis anos", disse ele à Reuters, o rosto corado de orgulho.

Agahozo, que obteve a vaga graças a um dos dois lugares garantidos a cada nação do comitê olímpico na natação, sabe que tem muito a fazer, já que seu melhor tempo de 30s2 segundos está muito abaixo do recorde mundial de 23s73.

"Estou competindo contra o mundo inteiro... mas tenho experiência em diferentes eventos, então acho que vou me sair bem", declarou ela à Reuters.

Agahozo treinou durante anos em uma pequena piscina descoberta no centro esportivo local antes de conseguir uma bolsa para estudar e treinar na França no ano passado.

"Não é a primeira vez que Ruanda será representada na natação em uma Olimpíada, mas o que nos deixa tão orgulhosos é sermos representados por uma jovem tão talentosa", disse Samuel Kinimba Ufitimana, presidente da Federação Ruandense de Natação.

"Chamamos Ruanda de 'a nação das mil colinas', e por causa disso também temos muitos lagos, que nos ajudam a ensinar o nado".

A grande chance da nadadora veio quando ela competiu no campeonato nacional de Ruanda em 2009 aos 12 anos e venceu a prova, disse Ufitimana,

Agahozo tem três anos de sua bolsa na França. Depois disso, espera ir à universidade cursar medicina, mas sem abandonar a natação.