Ibrahimovic assina contrato por 3 temporadas com o PSG

quarta-feira, 18 de julho de 2012 15:38 BRT
 

Por Olivier Guillemain

PARIS, 18 Jul (Reuters) - O Paris St Germain, que tem investido pesado em contratações, espera dominar o futebol francês nesta temporada e deu sinais de sua ambição ao fechar a contratação do atacante sueco Zlatan Ibrahimovic, do Milan, por três anos, nesta quarta-feira.

"O atacante da Suécia Zlatan Ibrahimovic, 30, foi contratado do AC Milan e assinou contrato de três anos com o Paris Saint-Germain", disse o PSG em seu site.

O clube não divulgou os detalhes financeiros da transação.

"Quero agradecer ao PSG porque eles tornaram possível algo impossível. É um grande passo na minha carreira. Mais um sonho se torna realidade", disse Ibrahimovic no estádio Parc des Princes.

"Esse é um projeto muito interessante. Não tinha dúvidas sobre ele quando o Paris contatou meu agente. Tudo estava claro na minha cabeça. Quero fazer parte desta história. Tenho certeza que vamos escrever uma história. Estou aqui para vencer."

Com Ibrahimovic como maior destaque, e mais de 100 milhões de euros (122,13 milhões de dólares) gastos em reforços, o PSG deve sobrar diante dos adversários no Campeonato Francês.

Antes do atacante sueco, o time francês já tinha tirado do Milan o zagueiro da seleção brasileira Thiago Silva, considerado um dos melhores do mundo em sua posição, por estimados 40 a 45 milhões de euros.

Ibrahimovic também terá a companhia do atacante argentino Ezequiel Lavezzi, que foi contratado este mês, na tentativa de levar o PSG a um nível mais alto no futebol europeu.

Com financiamento de um fundo de investimentos do Catar, o PSG terminou em 2o no Campeonato Francês passado e assegurou vaga na próxima Liga dos Campeões.

Ao contrário do PSG, o atual campeão francês Lille gastou apenas 10 milhões de euros no meia francês Marvin Martin, do Sochaux, após vender Eden Hazard para o Chelsea.

 
O sueco Zlatan Ibrahimovic, recém contratado pelo time francês Paris St Germain, levanta seu novo uniforme na praça de Trocadero, em frente à Torre Eiffel, em Paris, na França. 18/07/2012 REUTERS/Charles Platiau