Rafael Nadal desiste de disputar Olimpíada por lesão

quinta-feira, 19 de julho de 2012 16:27 BRT
 

Por Mark Elkington

MADRI, 19 Jul (Reuters) - O tenista número três do mundo, Rafael Nadal, disse nesta quinta-feira que não vai disputar os Jogos Olímpicos de Londres porque não se recuperou de uma lesão.

"Não me encontro em condições de competir na Olimpíada de Londres e portanto não viajarei como estava previsto com a delegação espanhola para competir nas mesmas", disse Nadal, o atual campeão olímpico de simples e que seria o porta-bandeira da Espanha, em um comunicado.

Nadal, que conquistou o ouro nos Jogos de Pequim-2008 e era uma das maiores atrações dos Jogos, disse que não queria ser egoísta e por isso estava abrindo mão de ir a Londres por respeito a seus companheiros, para abrir espaço a outro tenista de seu país que esteja em melhor condição.

A federação espanhola de tênis (RFET) informou que Feliciano Lopez substituirá Nadal na chave de simples, enquanto o comitê olímpico do país (COE) disse que uma reunião na sexta-feira definirá quem será o porta-bandeira.

"Hoje é um dos dias mais tristes da minha carreira, já que um dos maiores sonhos e talvez o momento mais especial seria ser porta-bandeira da Espanha na cerimônia de abertura dos Jogos, então vocês podem imaginar como foi difícil tomar essa decisão."

Nadal conquistou em junho o recorde de sete títulos em Roland Garros, mas foi eliminado na segunda rodada em Wimbledon diante do tcheco Lukas Rosol, que não está entre os primeiros colocados do ranking.

Neste mês, ele desistiu de participar de um jogo beneficente contra Novak Djokovic no estádio do Real Madrid, o Santiago Bernabeu, dizendo que estava sofrendo de tendinite e precisava se poupar.

Nadal esperava voltar a Wimbledon este mês para defender seu título olímpico e essa desistência lembra a situação de 2009, quando um problema similar no joelho o tirou do Grand Slam na grana, um ano depois que ele conquistou aquele torneio pela primeira vez numa final épica diante de Roger Federer.

"Tenho que pensar nos meus colegas, não posso ser egoísta e tenho que pensar no melhor para o esporte espanhol, especialmente o tênis espanhol, e deixar jogar um colega que teve uma preparação melhor e está em condição de competir", disse.

"Tentei até o último momento nas minhas preparações, no treinamento, mas não era para ser", declarou o espanhol.

 
O jogador de tênis Rafael Nadal, carregador oficial da bandeira espanhola nas Olimpíadas de Londres, fala durante uma cerimônia em Madri. O tenista número três do mundo disse que não vai disputar os Jogos Olímpicos de Londres porque não se recuperou de uma lesão. 14/07/2012 REUTERS/Juan Medina