Prefeito de Londres lerá ode olímpica em grego na abertura

domingo, 22 de julho de 2012 15:26 BRT
 

Por Paul Casciato

LONDRES, 22 Jul (Reuters) - O prefeito de Londres, Boris Johson, lerá uma ode olímpica em grego antigo, composta por um acadêmico de Oxford, para celebrar os atletas e personalidades da Olimpíada de Londres 2012 como parte da cerimônia de abertura.

A ode é no estilo do antigo poeta grego Pindar, cujos poemas, que exaltavam os competidores olímpicos vitoriosos, eram altamente estimados.

Armand D'Angour, membro da faculdade de Letras Clássicas de Oxford, escreveu a ode instigado pelo loquaz prefeito de Londres, que tem um diploma em Letras Clássicas na mesma instituição, e inclui referências a atletas e personalidades como o corredor Usain Bolt e o presidente do comitê organizador da Olimpíada de Londres, Sebastian Coe.

"Pindar foi o maior poeta de seu tempo, e os patrocinadores pagam belas somas de dinheiro para que vitórias atléticas fossem honradas com uma ode sua", explicou D'Angour em um comunicado.

"Busquei ser fiel ao estilo e à forma antigos, e usei o metro alcáico. Claro que os trocadilhos podem fazer as pessoas gemerem, mas as plateias de Pindar também podem tê-lo feito!"

Johnson, que lerá a ode na festa de gala para o Comitê Olímpico Internacional (COI) na segunda-feira, disse que está ansioso para mostrar seu domínio do grego antigo perante o COI e emendá-lo com uma segunda leitura em inglês.

"Vou tentar resistir à tentação de regalar os presentes uma terceira vez em latim, embora não possa prometer", disse ele.

D'Angour escreveu a ode em grego antigo com letras modernas.   Continuação...