Brasil entra na regressiva para os Jogos com tocha e bandeira

segunda-feira, 23 de julho de 2012 17:25 BRT
 

LONDRES, 23 Jul (Reuters) - Duas cerimônias oficiais colocaram os atletas brasileiros em contagem regressiva para o início da Olimpíada de Londres nesta segunda-feira: a passagem da tocha pelo centro de treinamento do Brasil na capital britânica e o hasteamento da bandeira do país na Vila Olímpica.

Alugado pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB) para servir como quartel-general do Brasil nos Jogos, o centro esportivo Crystal Palace recebeu a visita da tocha pelas mãos do atleta inglês Marlon Devonish, medalha de ouro no revezamento 4x100m nos Jogos de Atenas-2004.

Aproveitando o lindo dia de sol e calor, famílias inglesas da redondeza se juntaram aos atletas brasileiros hospedados no local para acompanhar o ritual da passagem da tocha pela pista de atletismo do Crystal Palace, que é palco de uma das mais importantes etapas da liga mundial.

Na Vila Olímpica, onde estão hospedados atletas do Brasil de diversas modalidades que não usam as instalações do centro de treinamento, a bandeira brasileira foi oficialmente hasteada pelo chefe da delegação do país, o ex-jogador de vôlei Bernard Rajzam, ao som do hino nacional.

"É bom ter essa oportunidade de liberar um pouco a tensão numa festa como essa para relaxar um pouco e descontrair", disse canoísta Ana Sátila, de 16 anos, a atleta mais jovem da delegação brasileira, após a cerimônia que teve a presença de autoridades incluindo o presidente do COB, Carlos Arthur Nuzman.

Também presente ao evento, que contou com a apresentação de música do conjunto inglês Queen intepretadas pela trupe do National Youth Theatre, estava o cavaleiro campeão olímpico Rodrigo Pessoa, que será o porta-bandeira do Brasil na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos, na sexta-feira.

"É uma honra muito grande carregar a bandeira do Brasil na abertura, na frente dos nossos atletas. Vou tentar me divertir ao máximo até a hora da competição e levar todos esses momentos de lembrança", disse o cavaleiro, de 39 anos.

(Reportagem de Pedro Fonseca)

 
A bandeira brasileira é hasteada enquanto membros do delegação Olímpica brasileira são recebidos durante uma cerimônia na Vila Olímpica, em Londres. 23/07/2012 REUTERS/Pool