Mourinho corta Kaká, que pode deixar o Real

terça-feira, 24 de julho de 2012 10:15 BRT
 

MADRI, 24 Jul (Reuters) - O técnico do Real Madrid, José Mourinho, deixou Kaká de fora do time que disputa um amistoso contra o Oviedo nesta terça-feira, reforçando as especulações de que o armador brasileiro irá deixar o clube.

Segundo a imprensa esportiva espanhola. Kaká se reuniu na segunda-feira com Mourinho e com o diretor-geral do Real, José Angel Sánchez, e ouviu que não terá garantias de ser titular na próxima temporada, e que por isso deveria buscar outro emprego.

Eleito melhor jogador do mundo em 2007, Kaká se transferiu do Milan para o Real há três anos, numa transação de 65 milhões de euros (78,8 milhões de dólares). Agora, há especulações de que ele estaria de saída para o Paris St. Germain, treinado por Carlo Ancelotti, que foi seu técnico no Milan.

A assessoria de imprensa do Real Madrid disse não saber os motivos de Kaká ter ficado fora do time.

Desde que chegou à Espanha, Kaká apresenta apenas lampejos do seu melhor futebol, e já esteve várias vezes afastado por lesão. Aos 30 anos, passou a última temporada como coadjuvante do alemão Mesut Özil.

Seu pior momento recente aconteceu em maio, quando desperdiçou sua cobrança na decisão por pênaltis da semifinal da Liga dos Campeões, em que o Bayern de Munique se classificou.

(Reportagem de Iain Rogers)

 
Kaká, do Real Madrid, comemora gol contra o Espanyol durante partida no estádio Santiago Bernabéu, em Madri. O técnico do Real Madrid, José Mourinho, deixou Kaká de fora do time que disputa um amistoso contra o Oviedo, reforçando as especulações de que o armador brasileiro irá deixar o clube. 04/03/2012 REUTERS/Susana Vera