July 24, 2012 / 1:21 PM / in 5 years

Direitos de transmissão reforçam caixa do COI, diz presidente

3 Min, DE LEITURA

Por Karolos Grohmann

LONDRES, 24 Jul (Reuters) - A renda da venda dos direitos de transmissão da Olimpíada entre 2014 e 2016 deve ultrapassar 4 bilhões de dólares, informou o Comitê Olímpico Internacional (COI) nesta terça-feira, e a renda de patrocinadores também está em alta.

O presidente do COI, Jacques Rogge, disse que as finanças da organização estão fortes e seguras, com reservas que mais que triplicaram desde 2001.

"Para o período 2014-16 já temos 3,6 bilhões de dólares, e o total deve alcançar e passar de 4 bilhões. Os direitos de TV totalizaram 2,2 bilhões de dólares no período 2002-4", disse Rogge em uma sessão do COI dias antes do início da Olimpíada de Londres.

O valor para o período 2010-2012 foi de 3,9 bilhões de dólares.

Rogge disse que a organização já gerou 2,6 bilhões de dólares em direitos de transmissão para o período 2018-2020, e as negociações mal começaram.

O COI assinou seu maior contrato individual no ano passado, concordando em vender à rede NBC os direitos de transmissão até 2020 por 4,38 bilhões de dólares.

"A situação financeira é forte e segura", afirmou Rogge, que deixa o cargo em 2013 após 12 anos na função.

"Desde 31 de dezembro de 2001, nossas reservas cresceram de 105 milhões para 558 milhões de dólares, um aumento de 453 milhões. Esta solidez financeira se deve ao sucesso da propaganda e dos direitos de transmissão".

O COI também viu um crescimento na renda oriunda de patrocinadores, e se estima que o programa de 2013-2016 com grandes patrocinadores irá gerar 1 bilhão de dólares pela primeira vez.

O programa de 2017-2020 já recebeu 722 milhões de dólares com sete patrocinadores, declarou Rogge.

O mesmo programa valia 663 milhões de dólares para o período 2001-4.

"Ainda que nossa situação financeira seja sólida... devemos permanecer realistas. O COI deve garantir a continuidade e intensificação da política de controle de gastos e complexidade dos Jogos".

O organismo tem tentando reduzir o tamanho da Olimpíada, delimitando em 10 mil o número de atletas e em 28 as modalidades esportivas, para manter seu produto atraente para cidades-sede em potencial.

Sochi, na Rússia, irá sediar os Jogos de Inverno de 2014, enquanto o Rio de Janeiro será a primeira cidade sul-americana a receber a Olimpíada, em 2016. A sede dos Jogos de 2020 será decidida no ano que vem.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below