Cameron fará 'diplomacia do judô' com Putin em Londres

terça-feira, 24 de julho de 2012 11:10 BRT
 

Por Tim Castle

LONDRES, 24 Jul (Reuters) - O presidente russo, Vladimir Putin, faixa preta em judô, pode trocar golpes com o primeiro-ministro britânico, David Cameron, na arena diplomática a propósito da Síria durante uma luta de judô na Olimpíada de Londres, disseram fontes britânicas nesta terça-feira.

Fontes próximos de Cameron informaram que ele acompanhará Putin a uma luta se o líder do Kremlin comparecer aos Jogos, e deve pressioná-lo com respeito à Síria.

No mês passado, o porta-voz de Putin disse que ele poderia fazer sua primeira visita à Grã-Bretanha em nove anos para assistir à competição de judô. As mesmas fontes disseram ainda não estar claro se Putin irá mesmo a Londres.

A Rússia tem enfrentado duras críticas do Ocidente por conta de sua posição em relação à Síria. Países como a Grã-Bretanha exigem que Moscou deixe de apoiar o presidente Bashar al-Assad.

Um encontro improvisado dará a Cameron uma oportunidade de pressionar Putin pela oposição russa a sanções da ONU contra o governo de Assad, afirmou uma fonte britânica.

Putin, ex-campeão de judô em sua cidade, São Petersburgo, tem procurado reforçar sua imagem de virilidade em casa divulgando fotos em que pratica o esporte, salva tigres selvagens e cavalga sem camisa na Sibéria. Seu posicionamento no tocante à Síria tem sido igualmente duro.

A Rússia, que tem direito a veto no Conselho de Segurança da ONU, fornece armas à Síria e bloqueou seguidamente resoluções ocidentais clamando intervenção estrangeira desde o início do levante contra Assad, 16 meses atrás.

Putin diz que a crise na Síria deve ser solucionado através de negociações, e não pela força, e que depor Assad não necessariamente levaria à paz.