Corredora marroquina Selsouli testa positivo para droga proibida

quarta-feira, 25 de julho de 2012 13:38 BRT
 

LONDRES, 25 Jul (Reuters) - A corredora marroquina Mariem Alaoui Selsouli, que disputa a prova dos 1.500 metros, testou positivo para um diurético que é proibido e por isso não irá participar da Olimpíada de Londres, afirmou o órgão responsável por atletas internacionais nesta quarta-feira.

Selsouli, medalhista de prata nos campeonatos mundiais indoor deste ano, já foi banida uma vez por doping e agora enfrenta uma suspensão vitalícia.

"A substância proibida furosemida foi encontrada na amostra coletada de senhora Alaoui Selsouli...em Paris, no dia 6 de julho de 2012", afirmou um porta-voz da Associação Internacional de Federações de Atletismo (Iaaf, sigla em inglês) em um comunicado.

"Alaoui Selsouli renunciou a seu direito de fazer uma análise B, e, como resultado, foi provisoriamente suspensa de todas as competições atléticas."

"De acordo com as regras da Iaaf, ela ainda tem o direito de requisitar uma audiência que precisa ser realizada pela Federação de Atletismo Marroquina dentro dos próximos três meses".

(Reportagem de Nick Mulvenney)

 
Corredora marroquina Alaoui Selsouli segura bandeira nacional ao comemorar medalha de prata na prova de 1500 metros feminina no campeonato mundial de atletismo indoor em Istambul, na Turquia. 10/03/2012 REUTERS/Dylan Martinez